28 de maio de 2020 Atualizado 14:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Atividade no Centro-Oeste sobe 0,7% no trimestre até fevereiro, diz BC

Por Agência Estado

30 abr 2020 às 11:35 • Última atualização 30 abr 2020 às 12:12

A atividade econômica da Região Centro-Oeste avançou 0,7% no trimestre encerrado em fevereiro, ante o trimestre finalizado em novembro, quando houve queda de 0,2%. A informação é do Boletim Regional do Banco Central (BC), divulgado nesta quinta-feira, 30.

No documento, o BC pontuou que, “a despeito do desempenho favorável no início do ano, a economia da região deverá repercutir os efeitos da pandemia de covid-19, que já se fazem perceber em dados do comércio e do setor de serviços com maior frequência e tempestividade”.

O BC destacou que “a implementação de restrições para o funcionamento de empresas em alguns setores da economia a partir da segunda quinzena de março, com o intuito de diminuir a aglomeração de pessoas e dessa forma diminuir a propagação do novo coronavírus, reduziu a atividade econômica, especialmente, em alguns segmentos do comércio e dos serviços”.

“Segundo dados da CIP, o volume de pagamentos em transações efetuadas com cartão de débito diminuiu acentuadamente no período de 1º a 13 de abril, na comparação com igual período de março”, pontuou o BC.

Para a autarquia, porém, em função do agronegócio, a contração da atividade no Centro-Oeste durante a pandemia será menos severa.

O BC divulgou nesta quinta-feira o Boletim Regional. No documento, a análise da atividade nas regiões leva em conta os dados até fevereiro deste ano. No entanto, em função da pandemia do novo coronavírus, o BC já incorporou no documento uma série de dados e avaliações em relação aos meses de março e abril. Foi a partir de março que se intensificaram os efeitos da covid-19 sobre a economia de todas as regiões do País.