Após estresse da véspera, taxas de juros recuam com dólar


Os juros futuros experimentaram na manhã desta quarta-feira, 27, alívio desde a abertura, em leve queda, acompanhando o dólar à vista, após na terça-feira terem subido forte junto com a moeda norte-americana. Como o dia é fraco de indicadores na agenda local, as atenções ficam na segunda leitura do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre e no Livro Bege.

No radar desta quarta-feira está ainda o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que pode anular a sentença do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio de Atibaia ou manter a condenação de 12 anos e 11 meses de prisão.

Às 9h29, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 estava em 4,710%, de 4,729% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2023 estava em 5,95%, de 5,98%, enquanto o vencimento para janeiro de 2027 marcava 6,90%, de 6,92% no ajuste de sexta-feira.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora