Alcolumbre: ‘Vamos votar 1º turno da PEC paralela nesta quarta-feira’


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), tenta um acordo para concluir a votação da proposta que inclui Estados e municípios na reforma da Previdência ainda nesta quarta-feira no Plenário.

“Vou votar o primeiro turno hoje (quarta). Está na pauta já. Falta o segundo turno”, disse Alcolumbre. O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), emendou: “Primeiro turno com certeza. O segundo, falta um detalhezinho”.

Senadores, no entanto, ainda colocam dúvidas se haverá votação, mesmo em primeiro turno. Uma tentativa de alteração, proposta pelo PT, impede um acordo para acelerar a tramitação da PEC paralela.

O PT apresentou uma emenda prevendo igualar as regras para todos os casos de aposentadoria por incapacidade, estendendo o impacto para pensão por morte.

O texto da PEC paralela faz uma diferenciação para casos de aposentadoria permanente quando o acidente não é no trabalho ou quando é decorrente de doença degenerativa.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora