28 de novembro de 2020 Atualizado 16:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Brasil e Mundo

Com a casa aberta

“Mais Você” volta às manhãs da Globo em ambiente doméstico e com tom otimista

Por Márcio Maio / TV Press

10 out 2020 às 13:27

Depois de quase sete meses, o “Mais Você” retornou para a grade da Globo. E com mudanças significativas. A começar, pela adoção da casa da própria apresentadora, Ana Maria Braga, como cenário do matinal. Pelo menos enquanto o espaço que está sendo criado em São Paulo não estiver pronto.

Ana Maria retomou o “Mais Você” com um discurso bastante otimista – Foto: Divulgação

Depois de 12 anos de gravações no Rio, o programa parece ter mudado de cidade definitivamente, algo que pode não ser tão prático quando a pandemia do novo coronavírus virar assunto do passado. Isso porque quase todo o entretenimento da Globo, cujo casting é tão solicitado por Ana Maria, está na capital fluminense.

Outro ponto que chama atenção é o pouco tempo no ar. Antes da pandemia, Ana Maria ocupava cerca de 70 minutos das manhãs da emissora e agora o “Mais Você” tem mais ou menos a metade dessa duração. Com isso, são poucas as matérias exibidas e sem grande espaço para se aprofundar.

Na primeira semana, a escolha foi por mostrar “pratos feitos” que fazem sucesso na hora do almoço em restaurantes de São Paulo, como o Virado à Paulista e um bom Bife à Rolê. As receitas continuam, mas não necessariamente gravadas nesta nova fase. Ana Maria já recorreu a imagens gravadas no antigo estúdio carioca.

 Como já era de se esperar, depois de passar uma longa temporada aparecendo dentro do “Encontro com Fátima Bernardes”, Ana Maria retomou o “Mais Você” com um discurso bastante otimista. As pautas parecem fugir do caos inicialmente instaurado pela pandemia, o que é bom. Afinal, assuntos como home office, distanciamento social, novo normal e tantos outros já estão batidos demais.

EXPECTATIVA

A julgar pela audiência da estreia, pode-se dizer que era grande a expectativa pelo retorno do “Mais Você”. Com 6,9 pontos de média e pico de 7,4, o programa de Ana Maria Braga estava sintonizado por 22,8% das televisões ligadas na Grande São Paulo. A título de comparação, o “Encontro com Fátima Bernardes” conquistou apenas 6,2 pontos de média e share de 18,7%.

Ações de merchandising com grandes empresas também apareceram, o que significa que esse retorno traz também bons resultados comerciais para a emissora. Esse, aliás, sempre foi um dos grandes trunfos de Ana Maria: além de extremamente carismática e ser boa ao criar identificação, principalmente com as telespectadoras, é um dos nomes favoritos de muitas empresas que anunciam nas manhãs da tevê aberta.

Publicidade