22 de abril de 2021 Atualizado 11:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Vacina

Entrega de doses em março será 17% maior do que o previsto

Ampliação foi possível pois o Instituto Butantan dobrou a capacidade de produção de sua fábrica com a contratação de novos funcionários

Por Marina Zanaki

01 mar 2021 às 13:26 • Última atualização 01 mar 2021 às 15:38

Ao longo de março, o Instituto Butantan vai entregar 21 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus (Covid-19), ao Ministério da Saúde. O quantitativo é 17% maior do que estava previsto para esse mês e foi anunciado nesta segunda-feira (1°).

A ampliação foi possível pois o Instituto Butantan dobrou a capacidade de produção de sua fábrica com a contratação de novos funcionários, e está trabalhando 7 dias por semana, 24 horas diariamente.

“Na próxima quinta-feira, vamos receber mais 8 mil litros de insumos da vacina vindos da China, do laboratório Sinovac. Isso representa a produção de mais 14 milhões de doses da vacina. Sobre o programa de vacinação, na quarta-feira, vamos entregar mais 900 mil doses da vacina pronta e envasada para o Ministério da Saúde para prosseguir a vacinação dos brasileiros”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

Até o final de abril o Governo de São Paulo entregará 46 milhões de doses da vacina do Butantan ao Ministério da Saúde.

Até 30 de agosto, outros 54 milhões de doses da vacina serão enviadas ao Governo Federal.

Nesta segunda-feira, teve início a vacinação de idosos entre 80 e 84 anos nas cidades de Americana e Santa Bárbara d’Oeste.

O Governo de São Paulo divulgou início da vacinação de idosos entre 77 e 79 anos a partir de quarta-feira. As cidades da região aguardam o envio de mais doses para início dessa nova etapa da campanha.

Publicidade