24 de novembro de 2020 Atualizado 18:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Brasil

‘Princesas’ invadem cinemas paulistanos por ‘Frozen 2’

Por Agência Estado

03 jan 2020 às 15:41 • Última atualização 03 jan 2020 às 17:02

Um pequeno batalhão de princesas tem ocupado salas de cinema na capital paulista. Equipadas com, coroas, vestidos brilhantes, varinhas, e às vezes até capas de super-heroínas, elas são vistas nos pátios de shoppings da cidade com disposição para assistir a uma grande aventura.

Frozen 2

O filme de animação, que estreou nesta semana, mobilizou crianças que insistem em ir aos cinemas a caráter. A reportagem encontrou algumas delas em dois cinemas na região da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo.

Maria Clara, de 4 anos, estava ansiosa para assistir o novo episódio da franquia desde o lançamento do trailer em fevereiro do ano passado. Para o dia de estreia, ela pediu aos pais que preparassem seu vestido azul e uma trança no cabelo – marca registrada das protagonistas Elsa e Ana.

“Lavei o vestido uma semana atrás para assistirmos o filme”, contou a mãe, Marcela Alves. Maria Clara levou também uma varinha brilhante e talvez queira repetir seu momento favorito do filme, quando o mar ficou congelado. “A família inteira prometeu levar no cinema, mas acho que ela não vai ver problema em assistir várias vezes.”

Nesta primeira semana do ano, a onda de princesas pode ter aumentado com o período de férias e o tempo chuvoso no dia de estreia. A técnica em edificações Angela Gomes, de 44 anos, aproveitou o retorno de viagem para as festas para levar a filha Giovanna, de 7, ao cinema.

“Ela só pediu para passar em casa e trocar de roupa, para colocar a camiseta do Frozen”, conta Angela. “Aproveitamos que estava chovendo e nos estávamos voltando do interior.”

Já Carolina Heib, de 6 anos, resolveu colocar uma capa de brilhantes mas costas antes de sair de casa. “É para fingir que sou a Frozen”, explicou. No cinema, cerca de um terço das crianças estavam a caráter como ela.

O filme não agradou só os pequenos. Acompanhando Carolina, o estudante Gabriel Viegas, de 19 anos, disse que se surpreendeu positivamente com o filme. “Foi melhor do que eu esperava”, contou.

Publicidade