18 de setembro de 2020 Atualizado 20:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil

Prefeitura de SP interdita 30 imóveis após deslizamento na zona leste

Por Agência Estado

10 jan 2020 às 11:18 • Última atualização 10 jan 2020 às 11:42

A Prefeitura de São Paulo interditou 30 imóveis na Vila Carmosina, ma zona leste da capital, nesta quinta-feira, 9, após deslizamento de terra provocado pela forte chuva que atingiu a região na noite anterior. Segundo a gestão Bruno Covas (PSDB) não há previsão para liberar os locais.

Por volta das 23h de quarta-feira, 8, as chuvas provocaram um deslizamento de terra em uma área particular localizada na Rua Marixis, na altura do número 100. Segundo a gestão Covas, a Subprefeitura de Itaquera precisou interditar e retirar famílias de quatro casas, um estacionamento, uma fábrica e um condomínio com 24 residências por questão de segurança.

Não houve vítimas ou feridos no incidente. “A desinterdição será realizada somente após regularização dos locais, que é de responsabilidade dos proprietários”, afirma a Prefeitura, em nota. Segundo a administração municipal, o condomínio já havia sido interditado e esvaziado em 2014, por risco de solapamento de solo.

Engenheiros e agentes vistores estiveram no local para avaliar a situação dos imóveis e também responderam dúvidas dos moradores sobre identificação de responsáveis e procedimentos jurídicos, de acordo com a Prefeitura.

Ainda segundo a gestão Covas, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) atendeu moradores das Ruas Serra de Santa Marta e Mexiris, na Vila Carmosina. “As famílias recusaram a oferta de acolhimento e preferiram ir para casa de amigos e parentes”, diz a nota.

“A população também foi orientada a procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Cidade Líder, localizado na Avenida Mª Luiza Americano, 2681, para a inserção no CadÚnico. Reitera-se que a SMADS permanece à disposição.”

Publicidade