Polícia prende 6º suspeito de participar de mega-assalto em Aeroporto


Policiais Civis do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) prenderam na noite da sexta-feira, 10, um homem suspeito de envolvimento no roubo de 711 quilos de ouro, 36 quilos de prata, 15 quilos esmeralda bruta, 18 relógios e um colar de luxo no mega-assalto ao terminal de cargas do Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, em julho de 2019. O valor estimado dos bens roubados é de R$ 117 milhões.

O homem, de 55 anos, foi preso após denúncia sobre tráfico de drogas nos arredores de Heliópolis, zona sul da capital.

O suspeito foi encontrado por agentes da 6ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) na Rua José de França Dias, no bairro Jardim São Caetano, em São Caetano do Sul, também na Região Metropolitana de São Paulo.

Conduzido à delegacia, foi confirmado o mandado de prisão expedido pela 6ª Vara Criminal de Guarulhos e o suspeito foi preso.

É a sexta prisão relacionada ao crime. Outros cinco envolvidos já foram capturados e ainda há mais um foragido.

Funcionário do próprio aeroporto, Peterson Patrício é acusado de ter passado informações privilegiadas à quadrilha e está na prisão. Também estão detidos Peterson Brasil, Célio Dias e Marcelo Ferraz da Silva, o Marcelo Capim, apontado como líder da “parte operacional”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora