Ipem encontra irregularidades em ovos de Páscoa

Problemas foram encontrados em produtos que acompanham brinquedos como brindes; fiscalização foi feita em 163 estabelecimentos


O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) identificou irregularidades em ovos de Páscoa comercializados na capital e algumas cidades do interior. De 8.368 produtos avaliados, a ação identificou 300 itens irregulares, o que representa 3,6%. Dos 163 pontos comerciais visitados, 17 receberam autuações. O principal problema foi identificado nos brinquedos que acompanham os ovos de chocolate. Veja o resultado da <a href="http://www.ipem.sp.gov.br/images/pdf/licitacao2/aairregularidadesopdmqapascoa2015.pdf" OutraJanela="sim"]pesquisa.
Na capital, os especialistas do instituto autuaram oito dos 52 estabelecimentos fiscalizados. Foram avaliados 2.477 produtos, dos quais 48 (1,9%) estavam irregulares.

No interior do Estado foram fiscalizados 111 estabelecimentos. Nove lojas (8,1%) receberam autuação por comercializar produtos irregulares. Dos 5.891 itens avaliados, 252 (4,3%) estavam em desacordo com a normatização. As irregularidades foram encontradas nas cidades de Americana, Ribeirão Preto, Santa Bárbara d’Oeste, São José do Rio Preto e São José dos Campos.

Incluídos como brindes em ovos ou cestas de Páscoa, os brinquedos merecem atenção para garantir a segurança de seus consumidores. Todos os itens que incluem brinquedos devem destacar classificação etária indicativa e o selo do Inmetro. Além disso, os ovos de Páscoa que trazem brinquedos em seu interior devem apresentar em sua embalagem a frase “Atenção: contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro da Avaliação da Conformidade”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!