27 de setembro de 2020 Atualizado 16:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Cotidiano

Incêndio atinge área de Proteção Ambiental no interior de SP

Por Agência Estado

11 ago 2020 às 11:57 • Última atualização 11 ago 2020 às 12:01

Uma área de aproximadamente 30 hectares foi queimada em um incêndio na tarde de segunda-feira, 10, em São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos, no interior de São Paulo. O fogo começou por volta das 15h e foi controlado na madrugada desta terça-feira, 11. Uma equipe de 20 pessoas, entre voluntários da Área de Proteção Ambiental (APA) e da subprefeitura de São Francisco Xavier, trabalhou na operação que impediu que o fogo se alastrasse para a área de mata, atingindo apenas a área de pastagem.

Com o apoio voluntários e de um drone, a equipe vai medir e avaliar a área total atingida pelo fogo e detectar possíveis focos que possam vir a colocar em risco a área novamente. Um boletim de ocorrência também será registrado para apuração das causas do incêndio.

Para o jardineiro Gilberto Luiz Ribeiro, que atua como voluntário da APA, o incêndio pode ter sido criminoso com intenção de exploração ilegal da área. Ele teria encontrado vestígios de corte recente de árvores nativas.

De acordo com o gestor da APA e funcionário da Fundação Florestal de SP, Renato Lorza, o apoio dos voluntários foi imprescindível para a preservação do local. “Temos que enaltecer o apoio de todo o pessoal, pois se o fogo virasse de lado nós teríamos problema”, comenta.

Na área de mata há uma grande concentração de macacos Muriquis, espécie ameaçada de extinção. Em janeiro deste ano, cientistas brasileiros e estrangeiros estiveram em São Francisco Xavier para um seminário em que apontaram que o distrito é a capital paulista dos Muriquis.

A Serra do Queixo D’Anta, onde ocorreu o incêndio, fica na divisa com a cidade mineira de Sapucaí Mirim, a uma altura de 1.740 metros, de onde pode se avistar parte do Vale do Paraíba.

Publicidade