Idoso mata ex-mulher a tiros no litoral de São Paulo

Ajudante de pedreiro tentou suicídio ao ser surpreendido em sua residência; ele foi socorrido para o Hospital de Bertioga, onde permanece internado


Foto: Divulgação - Polícia Civil
Em sua residência foram apreendidos sete munições e um revólver calibre 32

A dona de casa Neuza Alves de Souza Gama, de 57 anos, foi morta a tiros pelo ex-marido Maurílio Carvalho da Gama, de 62 anos, na manhã da última terça-feira, 25, em Bertioga, litoral de São Paulo. O ajudante de pedreiro ainda tentou suicídio ao ser surpreendido policiais em sua residência.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 10h no bairro Vila Tamoios e encontrou Neuza com ferimentos no pescoço. Ela foi socorrida para um hospital da região, mas já chegou ao local sem vida.

Ao serem informados de que Maurílio podia ser um suspeito do crime, os policiais foram até a sua casa. O suspeito tentou fugir para um matagal e atirou contra si mesmo. Ele foi socorrido para o Hospital de Bertioga, onde permanece internado.

Em sua residência foram apreendidos sete munições e um revólver calibre 32, que foram encaminhados para o Instituto de Criminalística.

O caso foi registrado como homicídio qualificado por feminicídio e violência doméstica na Delegacia de Bertioga.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora