01 de dezembro de 2020 Atualizado 22:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Guarulhos

Homem é detido com R$ 300 mil em pedras preciosas no Aeroporto de Guarulhos

Caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira; empresário foi preso por documentação falsa, usurpação de bens da União e contrabando

Por Natália Velosa

23 out 2020 às 14:43

Um empresário brasileiro de 38 anos foi preso em flagrante no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, após portar mais de R$ 300 mil em pedras preciosas sem a devida documentação legal.

O caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (23), e a ocorrência foi atendida em conjunto pela Polícia Federal e a Receita Federal.

Pedras preciosas estavam com empresário, que tentava embarcar para o Catar – Foto: Polícia Federal / Divulgação

O empresário tentava embarcar para Doha, no Catar, quando foi abordado pelos agentes. Eles desconfiaram do suspeito durante a revista das bagagens e busca pessoal, após ele fornecer informações incoerentes sobre a intenção de viagem.

Na bagagem de mão do passageiro havia pacotes de café, que ele alegou serem amostras para uma possível exportação. Os agentes suspeitaram da qualidade do produto, que não era compatível com o que foi dito, e realizaram uma busca minuciosa.

Com isso, foram encontrados diamantes na carteira e outros cristais na bagagem que ele havia despachado. O valor total estimado das pedras é de mais de 300 mil reais, segundo a PF.

Um relógio da marca Rolex também foi apreendido pela polícia – Foto: Polícia Federal / Divulgação

Além das pedras, também foi apreendido um relógio da marca Rolex. O suspeito apresentou ainda documentos e uma carta que suportaria toda a negociação e os materiais encontrados com ele, porém todos eram falsificados.

O homem foi preso em flagrante por uso de documentos falsos, usurpação de bens da União e contrabando. Ele seria encaminhado a um presídio estadual, onde permanecerá à disposição da Justiça.

*Estagiária sob supervisão de Talita Bristotti

Publicidade