05 de março de 2021 Atualizado 22:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Governo de SP confirma nova reclassificação na sexta-feira

Novos casos e taxa de ocupação de UTI na região de Campinas são equivalentes aos critérios para recuo à fase laranja

Por Marina Zanaki

20 jan 2021 às 15:13 • Última atualização 20 jan 2021 às 15:14

Informação foi confirmada pelo governador João Doria (PSDB) na coletiva de imprensa desta quarta - Foto: Governo do Estado de São Paulo

O Plano São Paulo terá uma nova reclassificação na sexta-feira (22), com possibilidade de recuo para várias regiões do Estado.

A informação havia sido adiantada pelo portal UOL na terça-feira e foi confirmada pelo governador João Doria (PSDB) na coletiva de imprensa desta quarta, no Palácio dos Bandeirantes.

O Departamento Regional de Campinas, do qual a RPT (Região do Polo Têxtil) faz parte, está atualmente na fase amarela. Dois indicadores ultrapassaram o limite da fase amarela esta semana e podem embasar um recuo à fase laranja.

São eles a taxa de ocupação de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) Covid, que está em 70,5%, acima do limite de 70% da fase amarela; e a quantidade de novos casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes, que está em 409,4. O limite da fase amarela para o indicador de casos é de 360.

As novas internações e os novos óbitos estão, respectivamente, em 41,2 e 5,7, sempre nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes. Ambos os indicadores ainda estão dentro dos parâmetros da fase amarela.

“Na sexta-feira teremos que fazer ajustes para algumas regiões. Entendemos que esses ajustes são para garantir a assistência à vida. Não podemos ter sobrecarga que limite a nossa assistência de leitos, respiradores e mão de obra. Além de Covid, hoje temos os pacientes não Covid – acidentados, traumas, atropelamentos, infartos. Tudo isso divide leitos e recursos humanos”, disse o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Publicidade