Governo de SP anuncia álcool em gel com preço de custo em supermercados

Acordo firmado por comitê executivo com a Apas (Associação Paulista de Supermercados) começa a valer a partir da próxima segunda-feira


O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na tarde desta quinta-feira (19) que a partir da próxima segunda-feira (23), os supermercados passarão a vender álcool em gel com preço de custo, sem margem de lucro, a fim de garantir que todos possam adquirir o produto, que é um item importante no combate ao novo coronavírus, o Covid-19.

O acordo foi firmado por um comitê executivo sob coordenação da Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, que é formado por representantes do próprio governo e por empresários. Os supermercados foram representados pela Apas (Associação Paulista de Supermercados).

Foto: Governo de São Paulo
Doria anunciou acordo na tarde desta quinta-feira

“A partir de 23 de março, os supermercados venderão o produto com margem zero. Nenhum valor adicional. Isso certamente vai impor uma redução no preço para o consumidor”, destacou Doria.

A medida, no entanto, ainda não envolve o álcool gel vendido em farmácias e outros estabelecimentos, ficando inicialmente restrita aos supermercados.

O governador destacou ainda o papel do governo federal nos últimos dias, já que foram alterados protocolos sobre a fabricação do álcool em gel, permitindo, por exemplo, a fabricação em farmácias de manipulação, o que aumenta a oferta do produto.

“Ao Ministério da Saúde e à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os nossos cumprimentos por terem entendido o caráter emergencial em que estamos neste momento. O Ministro Luiz Henrique Mandetta tem sido correto nas relações com o Governo de São Paulo”, disse.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora