30 de maio de 2020 Atualizado 21:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Cotidiano

Governador do Sergipe revoga flexibilização

Por Agência Estado

01 Maio 2020 às 07:22 • Última atualização 01 Maio 2020 às 15:35

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), revogou ontem os decretos que permitiam a abertura de uma parte do comércio, como lojas de joias, cosméticos e colchões. Houve aumento de 32% no número de casos confirmados da covid-19 no Estado em menos de 24 horas. Ao todo, 12 pessoas já morreram vítimas da doença.

Segundo o chefe do Executivo, “a revelação de aumento de casos por testagem, e não por flexibilização, pode afetar nessas atividades com o trânsito de pessoas em estabelecimentos restritos”. “De forma que, por precaução e prevenção, optamos por rever medidas até melhorar o diagnóstico.”

Chagas lembrou que “o planejamento foi realizado de forma técnica, levando em consideração as atividades comerciais e riscos epidemiológicos, ao autorizar aquelas não propícias ao aumento de propagação”. Com isso, continuam fechadas imobiliárias, concessionárias de veículos, escritórios de arquitetura e lojas de tecido. Além disso, setores que estavam previstos para abertura a partir de amanhã e de segunda-feira também não poderão voltar a funcionar, a exemplo das lojas de cosméticos, móveis e eletrodomésticos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.