Farmácias de SP também venderão álcool em gel a preço de custo

O álcool em gel é um dos principais itens recomendados por autoridades de saúde para prevenção e combate ao coronavírus


O Governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta manhã, que conseguiu fechar um acordo com a Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias) e que a partir de segunda-feira as farmácias paulistas também venderão álcool em gel ao valor de custo. Ontem, o governo estadual havia anunciado a mesma parceria com os supermercados.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

O álcool em gel é um dos principais itens recomendados por autoridades de saúde para prevenção e combate ao coronavírus. Especialistas em saúde recomendam o uso frequente do produto para higiene das mãos e também de objetos, móveis e superfícies que possam ter sido contaminados pelo coronavírus.

“As redes de farmácia, igualmente aos supermercados, a partir de segunda-feira, dia 23 de março, venderão álcool gel a preço de custo, oferecendo condições de acessibilidade à população”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

O limite máximo por pessoa será de dois frascos, com objetivo de evitar o acúmulo individual e excessos, o que acaba prejudicando outras pessoas que também queiram fazer uso do produto.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora