15 de julho de 2020 Atualizado 22:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Brasil

Doria: Não temos nenhuma interrupção no diálogo com Ministério da Saúde

Por Agência Estado

27 mar 2020 às 16:41 • Última atualização 27 mar 2020 às 18:22

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta sexta-feira, 27, que apesar das críticas e farpas trocadas entre ele e o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), o governo estadual tem mantido diálogo com o Ministério da Saúde e com o ministro da pasta, Luiz Henrique Mandetta. Doria também elogiou a postura do ministro, dos técnicos do ministério e falou que a mesma boa relação tem sido mantida com o Ministério da Infraestrutura, comandado por Tarcísio de Freitas.

“Não temos nenhuma interrupção no diálogo com o Ministério da Saúde, que continua mantendo diálogo conosco. Temos seguido protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS), não há nenhum distanciamento”, esclareceu o tucano. Segundo Doria, tem havido uma “atitude republicana” por parte do ministério.

O secretário de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, destacou que está em permanente contato com “toda a área diretiva” do Ministério da Saúde e que as medidas adotadas até o momento pelo Estado de São Paulo são fruto também de alinhamento com a pasta.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), falou que as ações tomadas pela Prefeitura para conter a covid-19 são “todas combinadas com o Ministério da Saúde”. “Quando tomamos a decisão de restrição, de ampliação de leitos, foi combinado com o ministério”, disse.