23 de junho de 2021 Atualizado 23:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Governador

Doria diz que não será complacente com violência policial

Declaração é feita após 14 policiais militares, que foram flagrados agredindo vítimas, terem sido afastados

Por Agência Estado

17 jun 2020 às 13:59 • Última atualização 17 jun 2020 às 17:10

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a afirmar que “o governo não será complacente com nenhum tipo de violência policial de nenhuma ordem ou sob qualquer justificativa”. A declaração é feita após 14 policiais militares, que foram flagrados em gravações agredindo vítimas, terem sido afastados.

“São Paulo tem a melhor polícia do Brasil e já faz tempo que tem uma polícia bem treinada, seja a Polícia Militar (PM), a Polícia Civil, a Polícia Científica, ou Corpo de Bombeiros. Não se justifica que poucos comprometam a atuação de muitos”, disse Doria.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes estiveram presentes também o secretário da Segurança Pública do Estado, general João Camilo Pires de Campos, o secretário-executivo da Polícia Militar em São Paulo, coronel Álvaro Camilo, e o ouvidor da Polícia Militar, Eliseu Soares.

Publicidade