21 de abril de 2021 Atualizado 10:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Opção

Comprar casa pronta ou construir

Confira quais são as vantagens e desvantagens na hora de escolher

Por Redação

14 jul 2020 às 16:39

Quem tem o sonho de ter a casa própria já deve ter passado pelo questionamento: construir ou comprar o imóvel pronto? Na hora de decidir, é necessário considerar diversos fatores, como os custos, o tempo disponível e as burocracias.

Segundo o vice-presidente do Sindicato da Habitação Secovi-Rio, Leonardo Schneider, antes de investir, vale a pena colocar na balança os contratempos, as vantagens e as desvantagens das duas opções.

Antes de decidir, vale a pena colocar na balança os contratempos, as vantagens e as desvantagens das duas opções – Foto: Divulgação

“Se for escolher construir do zero, é preciso entender que existe o custo da compra do terreno e o da obra. Por outro lado, comprar uma casa pronta também exige uma avaliação de diversos fatores, como a necessidade de adaptações para atender as necessidades do comprador”, destaca Schneider.

Quando o tempo disponível for maior, é possível construir a moradia como sempre se sonhou, no lugar escolhido e de um jeito personalizado.

“Gastar menos e ter a moradia com a sua personalidade, com ambientes bem planejados é uma boa opção. Construir pode ser mais econômico do que comprar algo pronto, pois o imóvel pode precisar de reformas, o que é mais custoso. Quando se constrói do zero, os materiais são novos e há planejamento”, ressalta a arquiteta Nathália Possamai.

Já o arquiteto Rodrigo Lisbôa lembra que, antes de iniciar a obra, é recomendável fazer um planejamento da casa com profissionais que atendam os gostos e as normas exigidas pelos órgãos responsáveis.

“O projeto é a primeira parte do planejamento, pois ele que vai dizer como a obra deve ser e isso evita decisões no momento da construção, que geram prejuízos e atrasos. Por isso, é importante contratar profissionais que executem tudo com um projeto em mãos, aprovado pelo cliente. A dica é buscar o portfólio dos profissionais, conversar com antigos clientes deles e só contratar se sentir segurança. Não se deve ficar preso ao mais barato, pois na maioria das vezes, o barato sai realmente caro e seu sonho e todo o investimento podem se transformar em uma grande frustração”, destaca o arquiteto.

Se construir pode trazer mais vantagem financeira e ter a casa como sempre desejou, existem dores de cabeça com as obras que podem surgir. Então, a compra de um imóvel pronto pode ser mais interessante para quem deseja evitar problemas com atrasos, projetos de regularização e entre outros contratempos.

PAGAMENTO
Tanto para um imóvel pronto quanto o terreno para construir é possível obter diferentes formas de pagamento para aquisição. No caso dos imóveis prontos, existem os financiamentos bancários a longo prazo, através de instituições bancárias e, em alguns casos, é possível obter subsídios governamentais e utilizar recursos do FGTS como parte do pagamento.

Os bancos também oferecem uma linha de crédito para quem pretende adquirir um terreno ou apenas para os custos da construção. Além disso, existe a opção da compra ser financiada diretamente com o incorporador e com menos burocracias, o que facilita a negociação.

‘Entendemos que para algumas pessoas, como pequenos empresários, autônomos etc., não é fácil a comprovação de renda. Por isso, tentamos adequar da melhor forma o financiamento do lote ou da casa pronta, sem tanta exigência de documentações e comprovações de renda, como muitos bancos solicitam, tornando o processo de compra menos burocrático e ainda sim disponibilizado um longo prazo para pagamento, em até 240 meses’, explica o diretor administrativo da Pró Lotes, Ralph Rangel

Website: http://www.prolotes com

Publicidade