11 de abril de 2021 Atualizado 12:18

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Carro da PM pega fogo após ser alvo de tiros na região Central do Rio

Por Agência Estado

28 mar 2021 às 15:24 • Última atualização 28 mar 2021 às 18:42

Um automóvel da Polícia Militar pegou fogo depois de ser atacado a tiros, na manhã deste domingo, 28, em Santa Teresa, na região central do Rio de Janeiro. Um policial ficou ferido.

Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Militar, uma viatura do 5º Batalhão da PM, da Praça da Harmonia, foi alvo de disparos de arma de fogo quando transitava na Rua Almirante Alexandrino, uma das principais vias do bairro. Os disparos teriam sido feitos do alto da comunidade do Morro dos Prazeres.

Após o ataque, o automóvel ficou em chamas, e equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para conter o fogo. Um policial foi socorrido ao Hospital Central da Polícia Militar com suspeita de fratura na perna.

Também na manhã deste domingo, um tiroteio interrompeu o tráfego no quilômetro 310 da BR-101, na altura de São Gonçalo, por volta das 10h. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o tiroteio ocorreu entre uma equipe da PM e criminosos, mas ninguém ficou ferido. As pistas da rodovia foram fechadas por segurança, sendo totalmente liberadas ao tráfego às 10h40.

Na noite deste sábado, 27, quatro pessoas morreram numa ação da Polícia Militar em uma favela de Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro. Agentes do 14º Batalhão da PM de Bangu fizeram uma incursão à comunidade do 48 após o setor de inteligência da unidade ter relatado uma possível disputa de território entre grupos criminosos rivais na favela.

Os policiais tentaram abordar dois automóveis, quando ocupantes de um dos carros teriam atirado contra os agentes. Houve confronto, mas os criminosos fugiram.

De acordo com a polícia, os agentes teriam conseguido em seguida alcançar o segundo automóvel, onde estavam quatro suspeitos armados e feridos. Eles foram socorridos ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, mas não resistiram aos ferimentos.

Foram apreendidos três fuzis, uma espingarda e munições.

Segundo a 34ª Delegacia de Polícia, de Bangu, foi instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias das mortes.

Publicidade