Boris Johnson confirma quatro mortes pelo novo coronavírus


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta segunda-feira, 9, que quatro britânicos morreram devido ao novo coronavírus até o momento, e que os casos continuam aumentando, o que exige um esforço para conter a doença. “Continuamos mitigando e contendo o surto, olhando para o que acontece em todo o globo”, disse, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira. Johnson afirmou, no entanto, que deve definir novos passos até amanhã.

O primeiro-ministro britânico fez uma reunião de emergência para decidir medidas mais duras para conter o avanço do vírus, mas não revelou quais de fato serão adotadas. Ele disse apenas que o foco será “fazer o que for possível para controlar o surto”, e que a Grã Bretanha passa agora por uma “extensa preparação para um longa fase de espera devido ao coronavírus”.

O premiê disse também que o Reino Unido estará na “linha de frente” contra o vírus, num esforço global para restringi-lo, assim como vai colocar todas as habilidades e competências britânicas para proteger as famílias e, principalmente, os idosos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora