25 de junho de 2022 Atualizado 21:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Bolsonaro volta a dizer que máscara não tem eficácia; cientistas desmentem

Por Agência Estado

23 de junho de 2022, às 22h09 • Última atualização em 23 de junho de 2022, às 23h17

O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta quinta-feira, 23, que não há comprovação da eficácia do uso da máscara contra a covid-19. A declaração, no entanto, é desmentida por infectologistas e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que dizem que o equipamento é uma forma importante de interromper a transmissão do vírus, principalmente em momentos de alta de casos.

Bolsonaro fez a declaração ao criticar o juiz Renato Borelli, da 15ª Vara Federal de Brasília, que determinou a prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, por suspeitas de corrupção no MEC. O presidente lembrou que o magistrado foi o mesmo que determinou multa de R$ 2 mil contra ele por andar sem máscara na capital federal.

“O mesmo (juiz) que no ano passado deu uma liminar, cada vez que alguém me visse na rua sem máscara, me multar em R$ 2 mil. Sem comprovação científica nenhuma sobre a máscara”, reclamou durante transmissão nas redes sociais.

Com a alta de casos de covid-19, Estados como São Paulo voltaram a recomendar o uso de máscaras em locais fechados. Mesmo com a alta cobertura vacinal contra a doença no Brasil, pessoas imunizadas podem contrair novamente o vírus.

Publicidade