14 de agosto de 2020 Atualizado 19:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Vestibular

Apenas 4 em 10 entram na USP na 1ª tentativa

Considerada uma das provas mais difíceis do Brasil, Fuvest deu início neste domingo à segunda fase do processo seletivo para 2020

Por Agência Estado

05 jan 2020 às 15:00 • Última atualização 05 jan 2020 às 16:42

Considerada uma das provas mais difíceis do País, começou neste domingo a segunda fase do vestibular da Universidade de São Paulo (Fuvest). Com um dia de exame de disciplinas específicas para cada carreira escolhida, o grau de dificuldade é avaliado como um dos mais exigentes. As estatísticas de anos anteriores mostram que mais de 60% dos que fizeram matrícula já haviam feito a prova anteriormente.

Entre os alunos que foram aprovados no ano passado, 31,5% já haviam feito a prova uma vez e 28,7% tinham feito mais de duas vezes. Além disso, entre os que conseguiram a aprovação logo após terminar o ensino médio, 16,2% fizeram a prova como treineiro no ano anterior. Os dados comprovam as dicas e as principais recomendações dos professores de cursinho, de que o treino é fundamental para a aprovação na Fuvest.

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Prova teve neste domingo o início de sua segunda fase

Nesta segunda etapa, todas as questões são dissertativas. No primeiro dia, os candidatos realizam a prova de Língua Portuguesa e a redação. No segundo dia, fazem disciplinas específicas de cada carreira.

Gilberto Alvarez, diretor do Cursinho da Poli, diz que, além do alto grau de exigência das questões, o formato da prova, com questões dissertativas, também desafia os candidatos. “As principais provas do País, como o Enem e inclusive a primeira fase da Fuvest, são de múltipla escolha. O aluno treina muito nesse formato.”

A lista de aprovados para a segunda fase da Fuvest foi divulgada no dia 9 de dezembro, deixando menos de um mês de preparação para a última etapa. Alvarez diz que o aluno deve se dedicar nesse período para revisar conteúdos das disciplinas específicas e refazer provas de anos anteriores para se acostumar ao formato. “Ele estudou durante todo o ano, o candidato sabe o que precisa saber.”

A prova de Língua Portuguesa e a de redação, feitas no primeiro dia, equivalem a cerca de um terço do peso da nota final e são apontadas como o principal diferencial nos cursos mais concorridos da Universidade de São Paulo (USP).

Segundo levantamento do cursinho Poliedro, em alguns cursos a redação equivale a 13% da nota e Português, a 18%. A USP oferece 11.147 vagas em 106 carreiras. A lista de aprovados na segunda fase da Fuvest sai no dia 24 de janeiro. Essa é a data da primeira chamada.

A segunda chamada acontece no dia 31 de janeiro. E a terceira chamada é no dia 7 de fevereiro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.