Treino de futsal gratuito do Projeto Águia começa neste sábado

Iniciativa é da Prefeitura de Hortolândia; crianças de sete a 12 anos podem fazer a matrícula nos dias das aulas


A APA (Associação Projeto Águia) começa neste sábado (26) a oferecer treinos de futsal gratuitos para crianças com idade entre 7 e 12 anos de Hortolândia. A atividade ocorre das 8h30 às 11h30, na quadra da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), na Vila São Pedro, e os interessados podem fazer a matrícula, acompanhada do responsável, no dia das aulas.

Foto: Prefeitura de Hortolândia/Divulgação
Os treinos para crianças de sete a 12 anos começam neste sábado

Para fazer a inscrição, o pai ou responsável deve levar xerox do RG, xerox do comprovante de residência e uma foto 3×4. O atleta que possuir o comprovante médico, que libera para atividades físicas, pode apresentar no ato da inscrição. Os alunos que não possuem o comprovante, serão avaliados por um médico disponibilizado pela entidade, durante os treinamentos.

De acordo com os treinadores, as aulas contarão com: treinamentos físicos, treinos táticos, desenvolvimentos específicos para jogadores de linha e goleiros, aspectos táticos, tomadas de decisão, aprimoramento do modelo de jogo (esquemas táticos), atividades motivadoras e jogadas ensaiadas.

“Além dos fundamentos essenciais do futsal, nós priorizamos a formação integral da criança. Auxiliamos os alunos quanto à importância de estar bem na escola e de fazer seus deveres em casa. Durante o ano contamos com várias atividades que auxiliam nesta formação, como o Café com Conhecimento, onde as crianças aprendem sobre as profissões do mercado de trabalho e dicas sobre estudos. Temos também as visitas às empresas, faculdades e espaços esportivos. Queremos, com isso, que a criança se torne protagonista e observe o mundo com outro olhar. Não é só futebol, mas sim formação social”, explica o treinador Felipe Braga.

Os treinamentos dos jovens das categorias sub-14, sub-16, sub-18 e sub-20 iniciarão no mês de fevereiro, na quadra da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Profª Janilde Flores Gaby do Vale, na Vila Real.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora