Grupo de forró lança disco de estreia em Campinas hoje

Em 2013, quatro músicos e amigos, de cidades diferentes, decidiram unir suas experiências obtidas com outras […]


Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
O CD já ganhou show de lançamento em São Paulo e agora chega a Campinas

Em 2013, quatro músicos e amigos, de cidades diferentes, decidiram unir suas experiências obtidas com outras bandas de forró para criar um projeto no mesmo gênero. Assim nasceu o Dois Dobrado, composto por Jorge Silva (cavaco), de São Paulo; Julio Motta (zabumba), de Hortolândia; Marcelo Lima (triângulo), de Indaiatuba; e por Jonas Virgulino (sanfona, dotes que aprendeu com o pai, o sanfoneiro Enok Virgulino, do Trio Virgulino), de Americana.

Esse ano, eles estão lançando o primeiro álbum do grupo, “Vamos Todo Mundo Pro Forró”. O trabalho é independente e 100% autoral. O CD já ganhou show de lançamento em São Paulo e agora chega a Campinas, com estreia hoje, no Brasuca Espaço Cultural, em Barão Geraldo, a partir das 18h.

A primeira faixa de trabalho do álbum, “Vou Te Namorar”, já ganhou clipe e pode ser também conferida em um vídeo exclusivo gravado pelo LIBERAL (www.liberal.com.br) na ocasião da entrevista com os integrantes.

O evento ainda contará com participações de Enok Virgulino, do músico Mimoso e do membro do grupo Dona Zaíra, Rafael Beibe. Também haverá uma intervenção artística de Rogério Pedro, que assina a capa de “Vamos Todo Mundo Pro Forró”. “A ideia é fazer uma festa mesmo, trazendo uma experiência diferente para as pessoas, para que se sintam convidados mesmo da banda”, observa Marcelo.

“O disco possui somente três músicas que não foram escritas pelo grupo, mas são de amigos que as cederam para nós. O trabalho foi todo pensado por nós mesmos, então traz toda a nossa criatividade, nós que escolhemos os timbres”, enumera Jorge.

O trabalho foi gravado em Piracicaba e só foi viabilizado graças aos prêmios que a banda conquistou. “Participamos do Festival de Música de Indaiatuba e ficamos em primeiro lugar, em 2013. Com isso, ganhamos um dinheiro”, lembra Jonas. A faixa vencedora na ocasião foi “Desmantelo”, que faz parte do álbum. No ano passado, o grupo venceu o festival novamente, e com isso conseguiu verba para finalizar o trabalho.

Pé de Serra

O Dois Dobrado segue a linha pé-de-serra de Luiz Gonzaga e prioriza em sua formação os instrumentos típicos do forró. “A gente tenta fazer um forró pé-de-serra, mas um pouquinho mais moderno, pelos arranjos, as letras e melodias”, explica Jonas. Marcelo completa que o grupo tenta manter suas raízes, mas de uma maneira que também atinja ao público jovem.

“E o público jovem hoje escuta de tudo. Por isso trazemos um pouco de cada estilo. Eu tive uma banda de rock, então trago um pouco disso para o grupo. O Julio, por exemplo, tocava chorinho, e traz um pouco disso também. Fazemos essa mistura para o forró ficar mais jovem e moderno”, enfatiza o dono do triângulo.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora