Projetos de Hortolândia e SB são premiados em feira

17ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia contou com 300 trabalhos de alunos de nível médio de instituições públicas e privadas de todo Brasil


Foto: Divulgação
Arielly Perez e a colega Lillian Dias são as premiadas pela Etec SB

Projetos de duas Etecs (Escola Técnica Estadual) da região – Santa Bárbara d´Oeste e Hortolândia -, foram premiadas na 17ª edição da Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia). Trabalhos de oito unidades do CPS (Centro Paula Souza) conquistaram 15 prêmios no evento. A Febrace é promovida pelo Laboratório de Sistemas Integráveis da Poli, vinculado à USP (Universidade de São Paulo).

Neste ano, o evento contou com a participação de 20 projetos de estudantes de 17 Etecs. Cerca de 300 trabalhos de alunos de nível médio de instituições públicas e privadas de todo o Brasil estiveram expostos entre terça (19) e quinta-feira (21).

O projeto premiado de Santa Bárbara d’Oeste é de autoria das alunas Arielly Samara Perez e Lillian Galvani Dias, com orientação da professora Vivian Marina. Elas receberam o Prêmio Abritec e o Prêmio Destaque do Instituto 3 M. As duas estudantes são da Etec Prof. Dr. José Dagnoni e desenvolveram um adesivo transdérmico para cicatrização em feridas de diabéticos, a partir de resíduos vegetais com carotenoides e óleos essenciais.

Foto: Divulgação
Vinícuis Meneses e o amigo Pedro de Souza são da Etec Hortolândia

Um projeto de humanas deu o prêmio de segundo lugar nesta área para a Etec de Hortolândia. Foram premiados os alunos Vinicius Barbieri de Meneses e Pedro Henrique Rodrigues de Souza.

Eles são autores do projeto Bookstech – acervo digital integrado à biblioteca física e tiveram o acompanhamento das professoras Priscila Batista Martins (orientadora) e Juliana Godoy de Sá (coorientadora).

ENGENHARIA. O projeto Redução da toxicidade de efluentes de curtumes até as condições de água potável, da Escola Técnica Estadual Prof. Carmelino Corrêa Junior, de Franca, ficou com o 1º lugar da categoria Engenharia na Febrace. O trabalho é de autoria da aluna Havilla Layane Matos Cardoso, que foi orientada pela professora Joana D’Arc Félix.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora