15 de agosto de 2019 Atualizado 09:42

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Educação

Estado estuda implantar tempo integral em escola de NO

Não existe prazo definido para a conclusão do estudo realizado na Escola Estadual Profª. Dorti Zambello Calil

Por André Rossi

21 mar 2019 às 10:40 • Última atualização 21 mar 2019 às 13:31

A Secretaria Estadual de Educação determinou a elaboração de um estudo para implantação do PEI (Programa de Ensino Integral) na Escola Estadual Profª. Dorti Zambello Calil, em Nova Odessa. A informação foi confirmada pelo secretário estadual Rossieli Soares na segunda-feira e divulgada ontem pela administração.

No início deste ano letivo, outras duas escolas da região passaram a ter período integral. Não existe prazo definido para a conclusão do estudo, segundo a assessoria da Educação.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Escola Professora Dorti Zambello Calil passa por estudo para ser PEI

A escola Dorti Zambello completou no último domingo quatro décadas em funcionamento, sendo. Segundo a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Andréa Souza, o programa de educação em tempo integral é uma reivindicação da comunidade escolar.

Em outubro do ano passado, a secretaria de Educação informou que quatro escolas da RPT (Região do Polo Têxtil) estavam aptas a adotar o modelo e que dependiam de discussões. Entre elas, a escola Prof. Constantino Augusto Pinke, em Americana, que se tornou PEI.

Já as três de Santa Bárbara não se tornaram porque a comunidade escolar rejeitou. São elas: Fioravante Luiz Angolini, Prof. Ulisses de Oliveira, e Prof. Alcheste de Godoy Andia. No caso da Fioravante, pesou o fato do prédio ser compartilhado com o município. Porém, outra escola de Santa Bárbara, que não estava na lista divulgada, virou PEI em 2019: a Profª. Benedicta Aranha de Oliveira Lino, do Conjunto Habitacional 31 de Março.