Hortolândia plantou mais de 57 mil árvores em 2018

Objetivo das ações de arborização urbana é transformar Hortolândia em uma cidade mais verde, saudável e agradável, segundo a prefeitura


Quando o prefeito Angelo Perugini assumiu a administração municipal em Hortolândia, a meta do governo era realizar o plantio de 100 mil mudas de árvores durante os quatro anos de gestão. Os trabalhos realizados neste sentido pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável apontam que a cidade está no caminho certo para, inclusive, ultrapassar esta marca: só em 2018, foram semeadas 57.691 novas árvores, o que representa 60% da meta estabelecida.

O balanço, divulgado nesta semana, inclui o resultado das ações de arborização urbana, como plantios em APPs (Áreas de Preservação Permanente), cujo objetivo é transformar Hortolândia em uma cidade mais verde, saudável e agradável para se viver.

Foto: Prefeitura de Hortolândia / Divulgação
Ações de plantio realizadas pela cidade ajudam na busca pela meta de 100 mil árvores plantadas em Hortolândia

A participação da comunidade nesta tarefa é fundamental e pode ser realizada de diversas formas, seja cuidando das espécies já existentes ou colaborando no plantio e manutenção de novas árvores. Para orientar e sensibilizar os munícipes, a prefeitura frequentemente convida a comunidade a adotar árvores e a participar de plantios nos bairros, como acontece neste sábado (9), às 9h, no Jardim São Camilo.

De acordo com a secretária-adjunta de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento, a iniciativa no bairro partiu de três moradores que, conscientes da importância desta ação para melhorar a qualidade de vida de todos, mobilizaram a população local para a realização do plantio.

“A Prefeitura doará as mudas e a equipe do Viveiro oferecerá suporte para o plantio nas calçadas”, informou a secretária-adjunta.

Plantio de árvore integra o PIC

O plantio de árvores e recuperação das matas ciliares do município integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O programa prevê mais de 100 obras e serviços que vão promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça de modo planejado e sustentável pelos próximos 30 anos.

As informações são da assessoria de comunicação da Prefeitura de Hortolândia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora