Cinco cidades brasileiras para se jogar na folia

A moda dos bloquinhos de rua voltou com força e faz sucesso nos carnavais do Norte ao Sul do Brasil


No segundo fim de semana de fevereiro até a quarta-feira de Cinzas (14), o país samba mais bonito. Isso porque o Carnaval toma as ruas e avenidas para deixar o Brasil cheio de glitter e muito gingado. Se antes a época tinha como destaque os desfiles de grandes escolas de samba, agora a moda dos bloquinhos de rua voltou com força e faz sucesso de Norte ao Sul do país.

Pensando nisso, o ViajaNet preparou um roteiro especial com cinco locais que vão te fazer entrar no clima. Confira:

Foto: Divulgação
Carnaval de São Paulo

São Paulo (SP)
Há cinco anos, passear por São Paulo nessa época era sinônimo de serenidade. Afinal, os paulistanos aproveitavam as folgas para descansar e viajar.

Porém, esse cenário mudou e agora a selva de pedra recebe trios com as mais diferentes propostas: o “Baixo Augusta” faz um mix de brasilidades, “Ritaleena” homenageia os clássicos da Rita Lee, “Tô De Bowie” faz releituras de David Bowie e o badalado “Meu Santo É Pop” tem como trilha sonora os maiores hits das divas pops do mundo. Não tem desculpa para ficar de fora.

Foto: Divulgação
Carnaval no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro (RJ)
“Em fevereiro tem Carnaval” já dizia o poeta Jorge Ben ao descrever a Cidade Maravilhosa. Em 2018, foram mais de 500 blocos cadastrados, entre eles os aclamados “Banda do Leme”, “Cordão do Bola Preta” e “Suvaco de Cristo”. Diferentemente da Terra da Garoa, a música começa a tomar conta das ruas do Rio às 7 da manhã. Tome um dejejum reforçado e caia na diversão.

Foto: Divulgação
Carnaval de Recife

Recife (PE)
A abertura oficial do evento na capital recifense está marcada para o dia 9 de fevereiro, nomeado também o Dia do Frevo. O local busca inspiração nas raízes e exalta as tradições nordestinas com shows de maracatu, brega, axé e, claro, o frevo. Há ainda apresentações gratuitas de nomes consagrados da música, como Geraldo Azevedo, Luiza Possi, Lula Queiroga e Lenine, que sobem ao palco do Marco Zero para encantar aqueles que por ali passam.

Foto: Divulgação
Carnaval de Salvador

Salvador (BA)
Os trios elétricos puxados por artistas, como Daniela Mercury, por exemplo, são atrações bastante caras. No entanto, o Carnaval Pipoca, organizado pela prefeitura da cidade traz opções gratuitas que percorrem as ruelas baianas. Uma boa indicação é o “Circuito Batatinha”, que coloca o público para balançar ao som de marchinhas antigas no Pelourinho. É diversão na certa!

Foto: Divulgação
Carnaval de São João Del Rei

São João Del Rei (MG)
Em 2018, 64 blocos e 11 agremiações tomam as ruas de uma das maiores cidades históricas de Minas entre os dias 26 de janeiro e 13 de fevereiro. Com destaques para cordões como “Bandalheira”, “Lesma Lerda” e “Deixa o Mundo Girar”, os trios chegam a reunir até 20 mil foliões e contam com a presença de bonecos gigantes em meio ao público.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!