Queijos e vinhos perfeitos para a ceia

Na hora de receber os convidados que tal servir queijos e um bom vinho como aperitivos? Eduardo Fonseca, sommelier do Brait, te ensina


O final do ano é uma ótima época para receber os amigos e familiares e dividir momentos especiais. Para quem não gosta de passar horas e horas na cozinha preparando a ceia, uma ótima opção é degustar porções dos mais variados tipos de queijo. Para harmonizar o petisco, um bom vinho é indispensável. Porém, muitas pessoas têm dificuldades na hora de escolher o queijo ideal – e, também a bebida perfeita para acompanhar. Por isso, o MAIS SABOR ouviu Eduardo Fonseca, sommelier do Brait, fez uma lista dos queijos mais indicados para a época e quais vinhos harmonizam com eles.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Queijos Gouda e Reino

Primos próximos, os queijos Gouda e Reino têm a massa mais firme e seco, com uma casca fina e avermelhada. Por isso, segundo Eduardo Fonseca, sommelier do Brait, o vinho ideal para acompanhar é o Malbec, uma bebida de coloração intensa e escura, com um toque de acidez que combina com a estrutura de ambos os queijos.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Estepe e Emmental

Os queijos Estepe e Emmental possuem massa salgada, maturada e com olhaduras que variam de tamanho, podendo chegar até 4 cm. Para acompanhar, o sommelier aponta o vinho Cabernet Sauvignon. “É uma bebida encorpada e concentrada, com um toque mais frutado, que ressalta o sabor do queijo”.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Gorgonzola e Roquefort

Com sabores fortes e intensos, os queijos Gorgonzola e Roquefort pertencem à família dos queijos azuis, normalmente mais salgados. O vinho, em contraponto, precisa ser seco e adocicado, como o Primitivo di Manduria. Agradável e encorpado, ele fica aveludado com o tempo.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Queijos Parmesão e Grana

Bastante famosos no Brasil, os queijos de faixa azul, como o Parmesão e o Grana, têm como característica uma estrutura mais dura e salgada, mas com um toque levemente adocicado. Para harmonizar adequadamente, o vinho precisa ser mais intenso, como o Pinot Noir, que mescla elegância e sofisticação com notas de fruta.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Queijo Brie

O queijo Brie possui massa mais macia, por isso, tem um sabor mais leve e gorduroso. Devido a essas características, apontou Fonseca, combina com um bom vinho português, mais encorpado, como o Esporão, que apresenta um sabor frutado e firme.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!