Pets necessitam de cuidados especiais em épocas frias

Confira as dicas da veterinária para proteger cães, gatos e pássaros do frio e de doenças


Com a queda na temperatura e a proximidade do inverno, animais de estimação, assim como as pessoas, necessitam de alguns cuidados especiais.

Para a veterinária Emanuele Mosna, em épocas mais frias os bichinhos ficam mais susceptíveis a doenças e infecções e é preciso estar sempre atento a quaisquer mudanças de comportamento que os pets possam apresentar: “animal muito quieto, ‘amuado’, tremendo, dentre outros sinais, podem indicar que algo não vai bem”, disse ela.

Foto: Divulgação
Os animais devem ter uma caminha com cobertores, mesmo se tiverem casinha

Vacinação

Cães e gatos precisam estar com a vacinação sempre em dia. Com o tempo frio e seco, vírus tendem a se disseminar com maior facilidade.

De acordo com Emanuele, a Cinomose, doença canina, tem alta incidência nessa época do ano e, para preveni-la, são aconselháveis as vacinhas V10 ou V8. Também é comum que os cães tenham tosse seca com ânsia de vômito e para evitar esses sintomas, causados por uma bactéria, também há uma vacina.

Os gatos também ficam mais susceptíveis a doenças, por isso recomenda-se que estejam com a caderneta em dia, em especial, com a vacina V4, a quádrupla felina.

Higiene

O frio não deve atrapalhar a higiene dos animais. Por isso, é sempre importante banhá-los durante o dia, com água morna, e secá-los bem com o secador. A veterinária dá a dica: “Vale mandar para um pet shop de confiança. Lembrando que o animal deve ser vacinado para frequentá-lo com segurança”. A higienização também pode ser com lenços umedecidos para animais ou sprays para banho seco.

Passeios

Desde que o animal esteja vacinado, passeios são sempre recomendados a qualquer época do ano. De acordo com Emanuele, o recomendado é passear pela manhã ou no final da tarde e deve-se evitar passeios em momentos de frio intenso e passeios muito longos.

Diante da impossibilidade de passear, os donos dos pets podem optar por brinquedos e atividades dentro de casa, que podem ajudar a entretê-los, aliviando o estresse dos animais.

Roupinhas

É importante que os cães e gatos tenham uma caminha e cobertores, mesmo se tiverem casinha. O local deve estar sempre seco e limpo.

Com relação às roupinhas, “podem ser usadas, mas devem ser retiradas todos os dias por pelo menos duas horas, para que a pele possa ‘respirar’, e trocadas a cada três dias no máximo para evitar problemas dermatológicos”, explicou Emanuele.

Pássaros

Os pássaros devem sempre tomar banhos de Sol, logo pela manhã. Emanuele explicou que “vale também colocar uma vasilha com água para que eles próprios possam se banhar”.

A água deve ser obrigatoriamente trocada todos os dias. Os cochos de sementes devem ser limpos das cascas todos os dias e totalmente higienizados 2 vezes na semana.

De acordo com a veterinária, “os pássaros devem ser mantidos longe do vento e durante a noite as gaiolas devem ser cobertas com capas apropriadas”.