Os cães precisam escovar os dentes?

Segundo dados da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária, 85% dos animais adultos têm doenças relacionadas aos dentes


Muitos tutores tem dúvida sobre os cuidados com a saúde bucal dos pets. Porém, assim como os humanos, os cachorros também podem ter problemas dentários. Segundo dados da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária, 85% dos animais adultos têm doenças relacionadas aos dentes.

“Devemos lembrar que a escovação dos dentes é tão importante para os cães como é para nós. Alguns cães passam grande parte de suas vidas sem escovar os dentes, e isso pode acarretar em uma série de doenças, devido ao acúmulo das bactérias na boca” afirma a médica veterinária Priscila Brabec.

O mau hálito, queixa comum entre os proprietários de pet, também pode ser evitado com cuidados bucais adequados. Pois a halitose é causada pelo acúmulo de bactérias na boca.

Foto: Divulgação
Uma alternativa para a escovação está em sticks mastigáveis palatáveis, que promovem a limpeza dos dentes

A má higienização estimula a formação do cálculo dentário, que pode evoluir para a inflamação da gengiva e até mesmo para perda dos dentes do animal. “A escovação com produtos específicos para cães deve ser diária. Quando esse processo não ocorre, estimula a formação do biofilme, agregado de bactérias que se formam nos dentes e que se não for removido, pode progredir para a placa bacteriana, que quando mineralizada, se torna o cálculo dentário. Nesse processo, pode ocorrer inflamação da gengiva, destruição dos tecidos e progredir para perda dos dentes”, explica a veterinária.

Uma alternativa para a escovação está em sticks mastigáveis palatáveis, que promovem a limpeza dos dentes. Normalmente, são oferecidos um stick por dia aos cães, após a última refeição. No entanto, os tutores devem ter cuidado na hora de escolher o produto, e optar por marcas que ofereçam os sticks com composição 100% vegetal.

Troca de dentes

Assim como os humanos, os filhotes também possuem dentes de leite e passam por uma fase de troca da dentição. Normalmente entre o quarto e quinto mês de vida, eles começam a perder os dentes.

A maioria dos tutores não percebe a troca, pois os cães engolem os dentes de leite. “O fato dos cães engolirem os dentes de leite não acarretará nenhum mal à saúde. Durante esse período de troca, o tutor pode fornecer brinquedos adequados para o cão morder”, explica Priscila.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter