Como preparar seu cão para a chegada do bebê

O nascimento de uma criança pode afetar a vida do seu bichinho; veja dicas de como deixar a situação tranquila em casa


A chegada de um bebê em casa pode afetar a vida de toda a família, inclusive do seu bichinho de estimação. São novos cheiros, sons e toda nova rotina que o cão precisa assimilar, e isso pode requerer atenção e paciência dos donos. O veterinário Aldo Macellaro elencou as principais dúvidas sobre o assunto e desenvolveu dicas que podem ajudar os proprietários e evitar a tomada de atitudes desesperadas.

Acesse o suplemento especial do LIBERAL: www.liberal.com.br/mundopet.

“Quando a família descobre a gravidez, os donos podem tomar atitudes equivocadas em relação ao cão”, comentou Macellaro, referindo-se ao fato de que muita gente acaba abandonando os seus animais. “Além de causar traumas irreversíveis ao animal, algumas atitudes costumam ser covardes, já que o bicho não tem como se defender e nem direito de escolha”. Segundo o especialista, o ideal é ir preparando o cachorro nos meses que antecedem a chegada do bebê.

Foto: Ilustrativa
Os donos podem se surpreender em ver como os cães podem ser carinhosos com os bebês

Preparando o ambiente

– Segundo Macellaro, o ideal é que o treinamento seja dado a partir do primeiro mês de gravidez, para que o cão vá pegando o jeito das novidades, sem estresses;

– Brinquedos e até alguns itens de higiene do bebê podem ser apresentados ao animal. Os donos não precisam ter receio de fazer o cão cheirar as roupinhas e o perfume que a criança vai usar. Isso ajuda, e muito, para que o bicho assimile o bebê;

– Simule a presença da criança com bonecas. Aos poucos, os donos podem se surpreender com a aceitação do animal;

– Evite irritar o cão por fazê-lo pensar que está perdendo espaço, principalmente se ele vai precisar ter acesso restrito em áreas da casa que antes eram liberadas;

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter