Salão do Automóvel de Nova York mostra suas novidades

Evento segue tendência dos motorshows norte-americanos e abusa de reestilizações e versões especiais


Os Estados Unidos sempre tiveram importância no mercado automotivo global. Não à toa, o país abriga grandes motor shows, como Detroit, Los Angeles e Nova York, que acontece no Jacob Javits Center, até a próxima segunda-feira. Até por ocorrer poucos meses depois do Salão de Detroit, o evento nova-iorquino não costuma reservar grandes novidades no segmento. Mas é inegável que, nos últimos anos, vem ganhando cada vez mais importância.

Em 2017, algumas marcas reservaram para o salão da “Big Apple” versões especiais para modelos de destaque. Como as anfitriãs Chevrolet e Ford. A primeira mostra uma edição limitada a 650 unidades do Corvette para celebrar o aniversário de 65 anos do carro, a Carbon 65 Edition. Já a segunda aposta no retorno da configuração Sport para o SUV Explorer, insere um visual mais agressivo ao utilitário esportivo. A alemã Audi também reservou uma versão especial, mas de seu superesportivo R8. Trata-se da Audi Sport, limitada a 200 exemplares e que, entre outros “mimos”, agrega três novos modos de condução ao modelo.

Do Japão, a Toyota apresentou um conceito de SUV que insere elementos aventureiros ao modelo. O FT-4X Concept tem até câmera instalada no exterior para filmar os percursos e elementos que se destacam do carro para serem usados fora do veículo – caso do som e das lanternas. Já a Lexus mostrou a versão F Sport do LS 500, com elementos visuais e motorizações a gasolina ou híbrida. A Honda aproveitou para exibir o novo Civic Type R, que pela primeira vez será vendido na América do Norte, já baseado na nova geração do Civic, vendida no Brasil. Também do Oriente, a sul-coreana Hyundai levou a reestilização do Sonata, que ganhou nova transmissão automática em sua versão de topo, com oito marchas.

De volta à Europa, a britânica Land Rover garantiu mais uma aparição de peso para o novo Range Rover Velar, que chega ao Brasil em 2017. A Mercedes revelou o AMG GLC 63 em carrocerias SUV e cupê, com um poderoso 4.0 V8 biturbo que entrega entre 469 cv e 503 cv. E a Volkswagen apresentou a reestilização da linha Golf, promovida recentemente na Europa e que passará a ser vendida nos Estados Unidos.

Confira os principais lançamentos do motorshow norte-americano

Audi R8 Audi Sport

A edição especial tem produção restrita a 200 unidades e aposta na pintura em preto, prata e branco.

Chevrolet Corvette Carbon 65 Edition

A série comemora os 65 anos de existência do modelo com 650 unidades produzidas. Há spoiler traseiro e volante com acabamento em fibra de carbono.

Ford Explorer Sport

A marca aproveitou o motor show em sua terra natal para incrementar o SUV Explorer resgatando sua configuração Sport.

Honda Civic Type R

O motor é o mesmo VTEC turbo 2.0, mas produz 320 cv com torque máximo de 40,8 kgfm. Este será o primeiro Civic Type R vendido na América do Norte.

Hyundai Sonata

Trata-se apenas de uma reestilização, mas que aproximou o sedã médio-grande da atual assinatura visual da marca sul-coreana.

Land Rover Range Rover Velar

Previsto para desembarcar no Brasil ainda este ano, o Velar utiliza a mesma plataforma do Jaguar F-Pace e ostenta 2,87 metros de entre-eixos.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter