Kawasaki mostra linha 2018 das superesportivas Ninja H2 e H2R

Modelos só serão vendidos sob encomenda; espera pode chegar a seis meses


Assim como no mercado de automóveis, o segmento premium no universo de duas rodas tem ganhado cada vez mais representantes no Brasil. A Kawasaki, disposta a se firmar no topo do segmento de superesportivas e hiperesportivas, já iniciou a pré-venda dos modelos 2018 das Ninja H2 e Ninja H2R e 2017 da Ninja H2 Carbon. A linha tem potências entre 210 cv e 326 cv e preços que expressam bem a força das três configurações: entre R$ 154 mil e R$ 357 mil.

Foto: Divulgação
Kawasaki mostra linha 2018 das superesportivas Ninja H2 e H2R

A mais “em conta” é a Ninja H2, lançada pela marca japonesa no Brasil no primeiro semestre de 2015. O motor de quatro cilindros e 998 cc com compressor rende 210 cv de potência e 13,6 kgfm de torque a 10.500 rpm. A superesportiva teve seu nome inspirado na clássica H2, de 1971. A supermoto destaca-se também pela sua pintura, que leva uma fina camada de prata para ganhar um efeito espelhado, monobraço traseiro de alumínio, sistema de embreagem de trocas rápidas e sistema de tração com nove níveis.

A intermediária é a Ninja H2 Carbon, uma edição limitada a somente 120 unidades em 2017. Baseada na Ninja H2, a configuração se diferencia pela carenagem frontal em fibra de carbono, uma pintura especial e uma placa com o número de série. Os dados de desempenho são os mesmos e o preço é de R$ 164 mil, ou seja, o ar de exclusividade – que a própria H2 já carrega naturalmente – cobra R$ 10 mil a mais na conta final.

Foto: Divulgação
Kawasaki mostra linha 2018 das superesportivas Ninja H2 e H2R

Top

No topo do trio, por estapafúrdios R$ 357 mil, está a hiperesportiva Ninja H2R. Com visual audacioso e voltada para as pistas, a moto chama atenção pelo seu conjunto mecânico. A potência da Ninja H2R chega aos 310 cv – é mais que os protótipos do mundial do MotoGP, que têm aproximadamente 240 cv. E embora o desempenho seja seu principal trunfo, a H2R também se destaca pela tecnologia de ponta, proveniente da divisão de aviões da Kawasaki.

O motor de 998 cc recebe um compressor mecânico com pressão de 1,4 bar. Esse equipamento é ligado diretamente ao motor e oferece um aumento de potência em baixos giros.

Liberal Motors – BC

Foto: Divulgação
Kawasaki mostra linha 2018 das superesportivas Ninja H2 e H2R

Diferentemente do formato adotado nos anos anteriores, as novas H2, H2 Carbon e H2R serão comercializadas exclusivamente sob encomenda pela Kawasaki. Depois de pedidas, a marca terá até seis meses de prazo para produção no Japão, importação e entrega do modelo no Brasil. E já existe uma data estipulada para se encerrarem as pré-reservas: em 22 de fevereiro.