Jeep Compass Sport aposta no preço competitivo

SUV fabricado em Pernambuco foi um dos destaques de vendas do mercado brasileiro no primeiro semestre de 2017


O Jeep Compass pode ser considerado um fenômeno no Brasil. Depois do estrondoso sucesso do Renegade produzido em Pernambuco, o SUV médio fechou maio como o 11º carro mais vendido do país e conseguiu fazer a Jeep chegar a quase 5% de participação nos emplacamentos de carros de passeio no país – são 4,9% no acumulado de 2017 até o fim de maio, segundo dados da Fenabrave. É um aumento de 50% em relação aos 3,3% de “share” registrados no mesmo período do ano passado. Para isso, contou bastante o lançamento não só do modelo, em setembro, mas também de suas configurações com propulsor 2.0 flex, em outubro – a estreia global da nova geração do Compass se deu apenas com propulsor diesel. Nesse contexto, destaca-se a variante Sport, a de entrada. Com bom recheio tecnológico e preço competitivo frente aos rivais – são iniciais R$ 103.490 –, a versão se mostra uma bela opção até mesmo para quem pensa em adquirir um SUV compacto topo de linha.

A motorização 2.0 Tigershark flex do Compass chega aos 166 cv de potência e aos 20,5 kgfm de torque e, até então, era inédita no Brasil – o propulsor é importado do México, com bloco e cabeçote de alumínio. O duplo comando de válvulas com variador de fase independente para cada eixo permite que o motor trabalhe alternando características do ciclo Atkinson e ciclo Muller – o que, segundo a Jeep, melhora desempenho e consumo. Enquanto as versões diesel usam câmbio automático de nove velocidades, as movidas pelo motor flex adotam um câmbio automático de seis velocidades com comandos sequenciais pela alavanca.

Foto: Jorge Rodrigues Jorge/Carta Z Notícias
Ao contrário do Renegade, o outro SUV da Jeep, o Compass não aposta suas fichas na imagem robusta

Segurança A Jeep oferece um conjunto de recursos de segurança extremamente vantajoso na comparação com outros veículos fabricados no Brasil. Até sete airbags ficam disponíveis, mas só os frontais são de série na versão Sport. Em compensação, controle de estabilidade com sistemas eletrônicos anticapotamento e de oscilação de reboque, monitoramento de pressão dos pneus e câmara de estacionamento traseiro já aparecem nas unidades com o preço inicial de R$ 103.490.

De qualquer forma, o preço do Compass Sport completo não chega a assustar: são R$ 108.213, já inclusa a pintura metálica. Um valor que, atrelado à credibilidade que a marca já conquistou entre os consumidores pela robustez de seus modelos, certamente ajuda a embalar o atual sucesso do SUV médio no Brasil.