Economia entra na disputa pelo mercado das picapes médias

Marca americana tenta tomar de volta o primeiro lugar do ranking do segmento que hoje está com a Toyota Hilux


A Chevrolet S10 passou duas décadas reinando entre as picapes médias, em primeiro lugar nos emplacamentos brasileiros. Até que o posto foi tomado pela nova geração da Toyota Hilux. Aí, a marca norte-americana tratou de mexer no modelo: promoveu uma reestilização que afetou o recheio tecnológico e o trem de força no ano passado. Credibilidade o modelo já tinha – ou seja, era preciso apostar em algo mais para acirrar essa disputa com a japonesa.

E é no custo/benefício que a versão Advantage, ressuscitada pela fabricante no final do ano passado, aposta. Por R$ 91.590, o utilitário médio com caçamba sai da loja com confortos e itens tecnológicos que podem chama a atenção de consumidores focados principalmente nos atributos profissionais do modelo.

A S10 Advantage vem equipada com motor 2.5 Flex com injeção direta de combustível, de 206 cv e 27,3 kgfm. A transmissão é sempre manual de seis velocidades na variante e seu trem de força traz uma vantagem que pode ajudar a conquistar quem busca um veículo de trabalho que traga menos prejuízos: nota A em eficiência energética na sua categoria, de acordo com teste realizado pelo Inmetro. O instituto aferiu médias de 5,6/6,4 km/l com etanol no tanque na cidade/estrada e 8,4/9,5 km/l com gasolina, nas mesmas condições.

Ar-condicionado, conjunto elétrico de vidros e travas com comando por controle remoto, direção elétrica progressiva, rodas de liga leve de 16 polegadas, alerta de pressão dos pneus, faróis de neblina, capota marítima, sistema OnStar com pacote ativo gratuitamente por três meses e central multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay figuram entre os principais itens de série.

De comum no que se espera minimamente de conforto e entretenimento a bordo de um veículo, além da falta de câmbio automático, aparece o retrovisor externo que, além de não ser elétrico, não conta com comando manual interno. Na S10 Advantage, o ajuste é “digital” – ou seja, é necessário usar as pontas dos dedos. Os controles eletrônicos de estabilidade e tração também ficam de fora.

Foto: Divulgação
Por fora, a S10 Advantage não transmite qualquer impressão de versão “pelada” de picape média

Deslizamento
Externamente, a versão é identificada pelo adesivo “Advantage” na lateral do veículo. Por dentro, a picape da Chevrolet é caracterizada pelos bancos com revestimento em tecido escuro. A tração é traseira, 4X2 e com sistema de deslizamento limitado de diferencial. Banco traseiro bipartido e rebatível com porta-objetos, aplique em alumínio no interior das portas dianteiras, abertura da tampa do combustível com acionamento interno, chave tipo canivete, tampa traseira com tranca, molduras de proteção lateral, ganchos para amarração de carga no interior da caçamba e freios ABS com sistema de distribuição de frenagem e assistência de frenagem de urgência completam a lista de itens de série, além do computador de bordo.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter