3008 Griffe: linhas mais fortes com robustez

O primeiro contato impressiona; o desenho o aproximou de um SUV, mas o crossover não perdeu sua identidade


A Peugeot trabalha, nos últimos anos, uma proposta de renovação de imagem da marca no mundo. A ideia é se posicionar de forma sofisticada e tecnológica em diversos segmentos, nivelando seus produtos sempre acima da concorrência e, com isso, transmitir um ar de exclusividade.

No Brasil, os reflexos dessa política aparecem nos últimos lançamentos. Quando passou a produzir localmente o compacto 208 e o SUV compacto 2008. Em julho último, a estratégia alcançou o segmento de médios, com a nova geração do 3008. O modelo migrou de uma categoria mais urbana, de crossovers, para ganhar, de fato, ares de SUV. O modelo, importado da França, entrega tecnologia, acabamento superior e, na única configuração disponível, a Griffe, alia o bom espaço interno a um desempenho instigante, garantido pelo motor 1.6 THP que já equipa diversos modelos da marca.

Foto: Isabel Almeida / Carta Z Notícias
Peugeot 3008 Griffe

Para adequar o modelo à categoria de SUVs, a Peugeot investiu em linhas mais fortes e que, além da robustez típica do segmento, transmitissem também a ideia de esportividade que o 3008 carrega desde o seu lançamento, em 2009. A grade traz detalhes cromados e a dianteira ostenta faróis recortados e reforços na cor prata sob os para-choques.

De perfil, molduras nas caixas de roda e painéis de proteção nas saias laterais dão o toque mais rústico. E a altura em relação ao solo se destaca: são 22 cm.

Foto: Isabel Almeida / Carta Z Notícias
Peugeot 3008 Griffe

O motor é o mesmo de antes, um 1.6 turbinado capaz de render 165 cv com gasolina – esse é o único combustível aceito pelo carro – e 24,5 kgfm de torque, estes já disponíveis em 1.400 giros. A plataforma, porém, mudou, o que fez com que o agora SUV da Peugeot perdesse 159 kg de seus 1.534 kg anteriores – restaram 1.375 kg.

Na prática, essa redução de massa tornou o carro mais reativo, embora a ficha técnica tenha mudado muito pouco. Na verdade, só a velocidade máxima se alterou, passando de 202 km/h para 206 km/h. A mudança se concentrou na eficiência energética: o teste do InMetro revelou uma redução de cerca de 10% no consumo de combustível em ciclo urbano.

Foto: Isabel Almeida / Carta Z Notícias
Peugeot 3008 Griffe

A versão Griffe tem preço fixado em R$ 139.990 e entrega uma lista de equipamentos suficiente para colocar o 3008 na briga com configurações de topo dos concorrentes, como o Jeep Compass e o novo Hyundai Tucson.

O interior traz uma combinação de cromados, alumínio, preto brilhante e couro, as rodas têm 19 polegadas, os faróis são full led e há seis airbags. Teto solar panorâmico, ar-condicionado automático de duas zonas, painel de instrumentos totalmente digital e até massageador nos encostos dos bancos dianteiros entram no pacote, além de chave presencial e os típicos controles eletrônicos de estabilidade e de tração.

Foto: Isabel Almeida / Carta Z Notícias
Peugeot 3008 Griffe

Ponto a ponto

Desempenho –. O zero a 100 km/h de 8,9 segundos e a máxima de 206 km/h se destacam. Até o volante, de tamanho reduzido, instiga uma direção um pouco mais agressiva.

Foto: Isabel Almeida / Carta Z Notícias
Peugeot 3008 Griffe

Estabilidade – O 3008 se mostra extremamente neutro em curvas, com rolagens de carroceria extremamente suaves.

Consumo – Médias de 11,5 km/l na estrada e 9,2 km/l na cidade. Conforto – Bancos ergonômicos e confortáveis.

Custo/benefício – O Peugeot 3008 Griffe custa R$ 139.990, sem opcionais disponíveis além de variações de cores da carroceria.

Ficha técnica

Peugeot 3008 Griffe

Motor: Gasolina
Potência: 165 cv a 6 mil rpm.
Torque máximo: 24,5 kgfm a 1.400.
Aceleração 0-100 km/h: 8,9 segundos.
Velocidade máxima: 206 km/h.
Pneus: 235/50 R19.
Peso: 1.375 kg.
Capacidade do porta-malas: 520 litros.
Tanque de combustível: 53 litros.
Preço: R$ 139.990.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter