Sem exageros durante as festas

Fim de ano é sinônimo de festa, brindes e mesa farta para a maioria, mas a questão é que as comemorações muitas vezes chegam acompanhadas de exageros


Fim de ano é sinônimo de festa, brindes e mesa farta para a maioria da população. A questão é que as comemorações muitas vezes chegam acompanhadas de exageros. Quem nunca terminou a ceia com aquela sensação de quem comeu demais? Ou acordou de ressaca? Passar dos limites com a quantidade de comida e de bebida ou dormir pouco prejudica o organismo.

De acordo com Otavio Gebara, diretor clínico e cardiologista do Hospital Santa Paula, sucumbir às tentações da ceia pode causar uma série de danos ao organismo, inclusive cardíacos. O excesso pode sobrecarregar as funções de diversos órgãos como o coração.

“No sistema digestivo, além do desconforto por ter se excedido na quantidade de comida, comer demais provoca gases, dores e queimação. A digestão prejudicada afeta todo o corpo humano, pois aumenta a produção de toxinas, causa alteração nas taxas de colesterol e glicose, além de elevar a pressão arterial”, alerta.

Foto: Fotolia
Pessoas devem ter certos limites nas festas de fim de ano

A dica para aproveitar bem as delícias das ceias de fim de ano é evitar alimentos muitos gordurosos, como bacon, frituras e maioneses, dar preferência a alimentos menos calóricos como saladas, legumes, frutas e carnes magras. Substituir os refrigerantes por sucos de frutas também é uma boa pedida.

Segundo o especialista, mesmo na ceia é possível comer de forma balanceada. O importante é ingerir todos os tipos de nutrientes. Um prato com arroz e lentilha (carboidrato com leguminosa), chester (proteína e lipídeo), salada de folhas com tomate, palmito e legumes regado com azeite (vitaminas, minerais e lipídeo), por exemplo, é uma boa escolha.

Tudo o que você come em excesso pode ser um vilão nesta época. Como resistir aos doces açucarados, ao pavê e às rabanadas? De acordo com o cardiologista, a tentação de experimentar um pedaço de cada sobremesa é o que realmente nos faz ‘passar do ponto’. Os doces com frutas tendem a ser mais leves. E, neste caso, não tem jeito. Opte por apenas uma das delícias e mantenha a quantidade de açúcar sob controle.

Festas de Natal e de Ano Novo sem brinde praticamente não existem. Porém, extrapolar no consumo de bebidas alcoólicas pode significar uma noite inteira passando mal e uma ressaca daquelas no dia seguinte, além de problemas bem maiores.

Apenas 1 ml de álcool contém 7 kcal, podendo aumentar o risco cardiovascular quando consumido em excesso. “O consumo de bebida alcoólica deve ser feito com moderação e responsabilidade. Uma boa dica é intercalar um copo de bebida com um de água ou, até mesmo, de suco e se alimentar ao longo da noite. Dessa forma, a absorção de álcool pelo organismo torna-se mais lenta”, explica o médico.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter