Quatro motivos para investir em aulas de pilates

Prática nasceu para ajudar soldados feridos e debilitados e é muito bem-vinda para todos os tipos de atletas


A prática do pilates é benéfica para homens e mulheres e traz benefícios para o corpo e a mente. Criado por Joseph Pilates, o pilates nasceu para ajudar soldados feridos e debilitados e é muito bem-vindo para todos os tipos de atletas.

Elaboramos 4 motivos para investir em aulas de pilates. Confira:

1. Pilates trabalha o corpo de uma forma global
Se você está acostumado a pegar pesado na musculação, saiba que essa atividade física divide o corpo em segmentos, que é o que você costuma trabalhar: membros inferiores, superiores, costas, etc. Já o pilates trabalha o corpo de uma forma global, o que ajuda, inclusive, na queima de calorias após a prática. O pilates também trabalha equilíbrio e, especialmente o fortalecimento do core, o conjunto de músculos que circunda o nosso centro de gravidade. Ele é formado pelos músculos do abdômen, da lombar, da pelve e do quadril. É o core que mantém a nossa coluna estável e a nossa postura ereta. Quase todos os exercícios do pilates partem do core.

Foto: Arquivo / O Liberal
Muitos exercícios do Pilates são desafiadores até para quem já está acostumado com a prática de atividades físicas

2. Mais flexibilidade
A baixa flexibilidade não só compromete a realização de algumas atividades diárias – como estar de pé e amarrar o cadarço do tênis sem ter que se desdobrar – como, na velhice, pode até limitar a realização de algumas delas. Boa parte dos movimentos do Pilates envolve a movimentação tridimensional nos três eixos espaciais, o que aumenta a amplitude dos movimentos e melhora a elasticidade muscular.

3. Melhora a performance no seu esporte favorito
Sim, o pilates pode melhorar a sua performance. Ao trabalhar a estabilidade e o fortalecimento do core, ele reduz as chances de lesão, aumenta a coordenação e o equilíbrio. O fortalecimento do core também é fundamental para quem pratica musculação. O levantamento de pesos, por exemplo, é um movimento que parte do core. Se enfraquecido, não só há chances de que o exercício não seja executado de forma correta, como provavelmente você não conseguirá evoluir nas cargas sem se machucar. Outro benefício diz respeito à consciência corporal que se ganha com a prática regular. E consciência corporal é a base de uma boa performance esportiva.

4. Desestressa
Em alguns aspectos, o pilates fez uso de alguns princípios do ioga – a respiração consciente e o foco nos movimentos, por exemplo. Muitos exercícios do Pilates são desafiadores até para quem já está acostumado com a prática de atividades físicas. É preciso concentrar-se nos movimentos para conseguir realizá-los. Com isso, a mente não fica voltada para pensamentos ruins ou destrutivos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!