Motivos para consumir ômega 3

Presente nos frutos do mar, nas sementes e nos vegetais folhosos, esse tipo de vitamina traz benefícios ao corpo


O ômega-3 é um grupo de gorduras chamadas poli-insaturadas importantes para a manutenção da nossa saúde. Nos últimos anos, ele tem ganhado cada vez mais espaço nas dietas de quem quer manter uma vida saudável e até mesmo como suplemento alimentar. O ômega 3, no entanto, não é produzido naturalmente pelo nosso corpo e precisa ser ingerido a partir de alimentos como peixes, óleos vegetais, nozes, sementes e óleo de linhaça e vegetais folhosos. Mas você sabe quais são os benefícios que essas “gorduras boas” trazem? Confira:

Síndrome do olho seco
A síndrome da disfunção lacrimal, conhecida popularmente como síndrome do olho seco, é provocada por alterações na composição ou produção das lágrimas, que prejudicam a lubrificação da área e causam vermelhidão, coceira, sensação de areia nos olhos e sensibilidade à luz. O DHA (ácido docosahexaenoico), um dos componentes do ômega-3, no entanto, é um aliado no tratamento do problema. “Uma das principais causas para esse ressecamento é a deficiência de ômega-3, especialmente do DHA”, afirma a médica Maria Inês Harris. De acordo com a especialista, é justamente no equilíbrio da gordura da lágrima que o DHA pode atuar. “Diversos estudos indicam que os ácidos graxos protegem os olhos de adultos de degeneração macular e da síndrome do olho seco. Essas gorduras ajudam a drenar corretamente o fluido intraocular dos olhos, diminuindo, inclusive, o risco de pressão alta nos olhos e até glaucoma”, ressaltou.

Outros benefícios
Além de ajudar na síndrome do olho seco, o DHA presente no ômega-3 é essencial para o bom funcionamento do nosso sistema nervoso, incluindo o cérebro. De acordo com pesquisas, o ácido docosahexaenoico pode impedir a formação de substâncias nocivas para o cérebro e aumentar a produção de substâncias anti-inflamatórias e neuroprotetoras, tendo efeito protetor contra doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson.

Ácido eicosapentaenóico
Além do DHA, outro componente importante do ômega3 é o EPA (ácido eicosapentaenóico). Ele é importante devido à sua ação anti-inflamatória e, por isso, pode apresentar benefícios para a saúde cardiovascular e a circulação sanguínea. O ômega-3 também pode impedir que as plaquetas se unam formando trombos (os conhecidos coágulos), que podem causar trombose e derrame cerebral (AVC).

Foto: Wuestenigel_Visualhunt
Invista nas sementes

LINHAÇA É ÓTIMA. Sementes, como a linhaça, devem ser incluídas na dieta alimentar

Foto: Artizone_Visualhunt
Salmão é rico em ômega 3

COMA PEIXE! As carnes brancas como o salmão são importantes fontes de ômega 3

Foto: Visualhunt
Os suplementos são fontes alternativas da substância

SUPLEMENTO. Outra maneira de aproveitar os benefícios do ômega 3 é por meio de suplementos

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!