Fique atento à saúde do coração

Altas temperaturas podem sobrecarregar e causar desde desconfortos até problemas cardíacos


Com a chegada do Verão, é comum estar mais disposto para atividades ao ar livre, ingerir mais bebidas alcoólicas e ter mais confraternizações com comidas pouco saudáveis. Tudo isso pode e deve ser aproveitado, porém com moderação e consciência de que o coração pode sofrer com alguns excessos – principalmente se há a propensão para problemas cardíacos – e com as temperaturas mais altas.

Além de alguns sintomas já conhecidos após a exposição solar, como dores de cabeça, desidratação e cansaço, o aumento nos termômetros pode elevar também o risco de morte por problemas cardiovasculares. Isso porque a exposição em excesso é capaz de alterar a pressão arterial, taxas de colesterol, espessura do sangue e a frequência cardíaca.

Foto: Freeimages.com
No verão, é preciso atenção especial com eventuais problemas do coração

A hidratação é um dos pontos mais importantes para evitar esses problemas, pois a medida em que o organismo se desidrata, ele fecha os vasos sanguíneos para manter a pressão arterial e aumenta os batimentos cardíacos para se sustentar.

De acordo com o cirurgião cardíaco e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, Elcio Pires Júnior, todas as pessoas estão propensas a esses problemas, porém quem está no grupo de risco que inclui hipertensos, obesos, sedentários, diabéticos e quem tem o colesterol elevado devem ficar mais atentas.

“É importante seguir as orientações do seu médico e checar quais as restrições para cada caso. Entretanto, existem regras que valem para todos como: manter-se hidratado, bem alimentado e evitar a exposição em excesso”, explica o especialista.

É preciso ficar atento também aos sinais de alerta que podem indicar um infarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), tais como: dor no peito que pode passar para o braço, costas ou queixo, suor frio, batimento cardíaco acelerado, falta de ar, dor abdominal, tontura ou dor de cabeça.

“Ao observar esses sintomas é preciso sentar o paciente, afrouxar suas roupas e chamar a emergência, pois não devemos menosprezar os alertas que o corpo nos dá”, orienta Elcio.

PREVINA-SE

Confira abaixo algumas dicas do cirurgião cardíaco Elcio Pires Júnior

– Check-up médico: é preciso estar ciente da qualidade de seu coração anualmente. Para pessoas hipertensas ou com algum problema cardíaco deve buscar orientações com seu médico sobre viagens, exposição ao sol e medicamentos;

– Exposição solar: evitar horários de pico do sol e exposição direta ao calor durante a manhã – período com maior frequência de infartos

– Hidratação: bebidas não alcoólicas são muito bem vindas. Pode investir em água mineral, de coco, sucos naturais e chás gelados;

– Prefira sempre roupas confortáveis e leves;

– Opte por alimentos mais saudáveis e menos gordurosos. A ingestão de alimentos “pesados” no calor pode prejudicar o fluxo sanguíneo e ocasionar congestões;

– Busque permanecer em locais arejados ou com temperatura agradável;

– Ficar atento aos desconfortos e busque ajuda médica caso não melhore após se sentar e resfriar o corpo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!