13/03/2014 08:09

Kaique Barretto

Guarda Municipal faz operação na Vila Soma

Operação visava a localização de mais um suspeito de envolvimento nos dois roubos que culminaram com a morte de um GM em Sumaré

Guardas municipais de Sumaré apreenderam 90 gramas de cocaína durante operação realizada na madrugada de ontem(quarta) na invasão Soma, em Sumaré, em busca de mais um suspeito de envolvimento nos dois roubos que culminaram com a morte de um GM na tarde de sexta-feira, dia 7.

A droga foi encontrada atrás do guarda-roupa do gesseiro N.A., 38, que mora em um barraco da Rua da Aviação e, segundo a GM, é apontado como o quinto suspeito na morte do guarda Tiago Henrique Lorençatto, 37, que levou um tiro na cabeça durante perseguição de bandidos que haviam roubado um posto de combustíveis na Vila Carlota e um mercado no Jardim São Carlos. O suspeito não foi localizado.

De acordo com relato dos guardas à Polícia Civil, a ação, deflada por volta de 0h05, foi baseada em uma denúncia anônima feita à corporação. No barraco, estavam somente a namorada do suspeito, a dona de casa J.J.O., 21, e a irmã dela, de 15 anos, que disseram não saber de nada sobre as drogas e as acusações contra o gesseiro. Além da cocaína, também foram apreendidos 20 saquinhos plásticos usados para embalar drogas e uma foto 3 por 4 do suspeito.

O delegado titular do 1o DP (Distrito Policial), Pedro Sérgio Garcia Cortegoso, que coordena as investigações desse caso, confirmou no final da tarde de ontem, que a Polícia Civil apura o envolvimento de outros dois suspeitos nos roubos e morte do GM, mas esclareceu que o nome do gesseiro não está entre eles. De acordo com o delegado, um dos dois suspeitos que ainda não foram detidos é apontado como o autor do tiro que matou Lourençatto. A polícia também investiga se além do Gol bege, os bandidos também usaram outro veículo nas ações.

No final da tarde de sexta, na invasão Soma, em operação realizada por guardas municipais da região, com um cão farejador da Gama(Guarda Municipal de Americana) e policiais militares, o auxiliar de produção F.G.S., 24, morador no Parque Santo Antônio, e o ajudante geral F.S.S., 25, foram presos e um garoto de 17 anos foi apreendido.

Um revólver calibre 38 com seis munições intactas foi apreendido na casa do adolescente, que também responderá processo por tráfico na Vara da Infância e Juventude, já que em sua residência na Vila Soma ainda foram encontrados balança de precisão, celular, R$ 20 em dinheiro, 550 gramas de maconha, 34 porções de cocaína e 4 de crack.

O envio de qualquer comentário
é de responsabilidade do usuário.

1 Comentário


tiao

13/03/2014 13:37

defensora ana bueno de moraes, coordenadora do núcleo especializado de habitação e urbanismo, não foi ela que derrubou a liminar para retirada da vila soma????? então o estado é conivente com invasão, roubo de energia elétrica, crianças sem escolas, furtos, roubos, consumo e venda de drogas? sabemos que são os culpados... nas próximas eleições, vamos votar diferente, ou melhor, nem vamos votar!