Pague Menos Corrida – SB.1

Polícia espanhola prende 34 pessoas por esquema de manipulação no tênis

As autoridades da Espanha anunciaram nesta quarta-feira a prisão de 34 pessoas envolvidas em um esquema de manipulação de resultados…


As autoridades da Espanha anunciaram nesta quarta-feira a prisão de 34 pessoas envolvidas em um esquema de manipulação de resultados em torneios de tênis no país e em Portugal. As identidades dos detidos não foram reveladas, mas a polícia confirmou que todos eles são espanhóis.

Segundo as informações divulgadas, os torneios manipulados pelo grupo eram de nível Challenger e Future, e não os principais do circuito da ATP. A polícia local investigou diversos campeonatos nos últimos meses em cidades como Madri, Sevilla e Porto e encontrou evidências de fraude em 17 deles, todos masculinos.

Não foi divulgado quantos destes detidos são tenistas, nem a identidade deles, mas as autoridades confirmaram que todos os atletas levados estão entre os números 800 e 1.200 do ranking da ATP. No ranking nacional da Espanha, estes jogadores estão entre a 30.ª e 300.ª colocação.

Os envolvidos no esquema foram detidos em 12 cidades diferentes e aguardarão seus julgamentos em liberdade. As autoridades espanholas confirmaram que os dois supostos líderes da organização também foram presos, nas cidades de Sevilha e La Coruña. Se condenados por corrupção no esporte, todos os envolvidos podem ser condenados a quatro anos de prisão.

As autoridades informaram que iniciaram a investigação por causa da denúncia de um jogador, que não teve a identidade revelada, e que decidiram levá-la em frente depois de notarem um número incomum de apostas online nos torneios suspeitos. Os policiais utilizaram-se de redes sociais para atrair os apostadores ilegais.

De acordo com as primeiras informações da investigação, os jogadores que aceitaram fazer parte do esquema ganharam mil dólares (R$ 3,4 mil) por partida manipulada. O ganho dos apostadores ilegais superava os 10 mil dólares em algumas destas competições.

Liberal Motors – BC
Revista L – BC.1