Murray desiste de jogar em Brisbane e admite chance de operar quadril

O britânico Andy Murray anunciou nesta terça-feira a sua desistência de participar do Torneio de Brisbane, evento que pretendia utilizar…


O britânico Andy Murray anunciou nesta terça-feira a sua desistência de participar do Torneio de Brisbane, evento que pretendia utilizar como preparação para o Aberto da Austrália, e admitiu a possibilidade de passar por uma cirurgia para se livrar do problema no quadril que o mantém afastado das quadras desde julho.

Ex-número 1 do mundo, Murray estava previsto para estrear em Brisbane na quinta-feira, mas os organizadores do evento foram notificados nesta terça da sua desistência. O britânico não disputa uma partida competitiva desde a queda nas quartas de final de Wimbledon.

“Eu vim aqui com a intenção de fazer um forte início de ano, mas, infelizmente, minha equipe e eu não sentimos que ainda estou onde preciso estar para competir ao mais alto nível”, disse Murray, duas vezes campeão em Brisbane, em um comunicado.

Em uma publicação no Instagram nesta terça-feira, Murray disse que estava procurando conselhos de médicos especialistas depois de “passar por momentos difíceis com o meu quadril por um longo período” e tem trabalhado com a opção conservadora de descanso e reabilitação.

“Tendo jogado sets de treinamento aqui em Brisbane com alguns dos melhores jogadores, infelizmente, isso ainda não funcionou para me levar ao nível que eu gostaria, então eu tenho que reavaliar minhas opções. Obviamente continuar a reabilitação é uma opção para dar ao meu quadril mais tempo para se recuperar. A cirurgia também é uma opção, mas as chances de um resultado bem-sucedido não são tão altas, então gostaria que isso fosse a minha opção secundária e minha esperança era evitar isso”, escreveu Murray. Mas ele acrescentou que a cirurgia “é algo que eu posso ter que considerar”.

Murray planeja ficar em Brisbane para continuar a ver se seu quadril melhora e seguir em preparação para o Aberto da Austrália, que começa em 15 de janeiro em Melbourne, onde ele foi vice-campeão cinco vezes. O britânico disse que vai decidir no fim de semana se ficará na Austrália ou voltará para casa, ficando fora do primeiro Grand Slam da temporada.

Antes de Murray, Nadal também havia desistido de jogar em Brisbane. O britânico passou 41 semanas na liderança do ranking da ATP até agosto passado, mas caiu para a 16ª posição devido à sua ausência prolongada.

“Eu daria qualquer coisa para voltar. Eu percebi nesses últimos meses quanto eu amo esse jogo. É decepcionante quando você entra na quadra e não está no nível que você precisa para competir nesse nível. Desculpe pela longa publicação, mas eu queria avisar a todos e tirar isso do meu peito, pois está realmente doendo”, concluiu Murray.

RODADA – Em jogos disputados nesta terça-feira pelo Torneio de Brisbane, o britânico Kyle Edmund, o usbeque Denis Istomin e o sul-coreano venceram pela primeira rodada do ATP 250 realizado em quadras duras.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!