Marcelo Melo abre ano com derrota em Sydney

Marcelo Melo não abriu como gostaria a sua temporada. Atuando ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu novo parceiro no…


Marcelo Melo não abriu como gostaria a sua temporada. Atuando ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu novo parceiro no circuito profissional, o tenista brasileiro foi eliminado pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah na estreia da chave de duplas do Torneio de Sydney, nesta terça-feira.

Cabeças de chave número 3 da competição preparatória para o Aberto da Austrália, Grand Slam que começa na próxima segunda-feira, Melo e Kubot foram derrotados por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 4/6 e 10/5.

Assim, a parceria sul-americana avançou à segunda rodada e se credenciou para enfrentar nas quartas de final do torneio australiano os sérvios Viktor Troicki e Nenad Zimonjic, que em outro confronto desta terça derrotaram o polonês Mariusz Fyrstenberg e o eslovaco Martin Klizan por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/4.

No duelo diante de Cabal e Farah, Melo e Kubot confirmaram todos os seus saques no primeiro set, assim como os seus adversários, fato que forçou o tie-break, no qual os colombianos foram melhores e fecharam em 7/3.

Já no segundo set, o brasileiro e o polonês chegaram a ter o saque quebrado por uma vez, mas converteram dois de três break points para fazer 6/4 e empatar o duelo. No match tie-break, porém, Cabal e Farah voltaram a ser mais eficientes e liquidaram o confronto em 10/5.

SIMPLES – Seis jogos foram disputados nesta terça-feira pela chave de simples do Torneio de Sydney. Em dois deles, o luxemburguês Gilles Muller e o espanhol Marcel Granollers confirmaram a condição de respectivos sexto e oitavo cabeças de chave em suas estreias. O primeiro deles passou pelo ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/3 e 7/5. Já Granollers derrotou o colombiano Santiago Giraldo, também de virada, com 6/7 (5/7), 7/5 e 6/3.

Liberal Motors – BC

Entre eles, Granollers se credenciou para enfrentar o britânico Daniel Evans, algoz do brasileiro Thiago Monteiro na primeira rodada, na última segunda-feira.

Já o eslovaco Martin Klizan não conseguiu justificar a condição de sétimo pré-classificado em Sydney ao cair na estreia diante do russo Andrey Kuznetsov. Ele abandonou o jogo quando perdia o terceiro set por 3/0, por motivo de lesão, após ter vencido a primeira parcial por 6/2 e sido derrotado na segunda por 6/1.

Os australianos Jordan Thompson e Alex De Minaur, além do alemão Mischa Zverev, foram outros dois tenistas que estrearam com vitória na chave de simples nesta terça. Zverev, por sua vez, foi o algoz do veterano espanhol Nicolas Almagro ao vencer por 6/4 e 6/2.

AUCKLAND – Se Melo caiu na estreia em Sydney, o brasileiro Marcelo Demoliner abriu com vitória a sua campanha na chave de duplas do Torneio de Auckland, outro ATP 250 preparatório para o Aberto da Austrália. Ele e o australiano Marcus Daniell superaram o português João Sousa e o argentino Guillermo Duran por duplo 6/4.

Assim, Demoliner e Daniell propiciaram a possibilidade de um duelo brasileiro na segunda rodada na Nova Zelândia, pois eles terão pela frente os vencedores do confronto entre a parceria formada por André Sá e o indiano Leander Paes e a dupla cabeça de chave número 1, firmada pelo filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi.

Já a chave de simples em Auckland contou com seis jogos nesta terça. Em um deles, João Sousa, superado na estreia de duplas, abriu campanha surpreendendo o espanhol Albert Ramos, quinto cabeça de chave, com parciais de 6/1 e 7/5.

Já o experiente cipriota Marcos Baghdatis fez valer a condição de oitavo pré-classificado na estreia ao bater o francês Adrian Mannarino por duplo 6/4. O taiwanês Yen-Hsun Lu, o britânico Brydan Klein e o norte-americano Ryan Harrison foram os outros tenistas que estrearam com vitória nesta terça na Nova Zelândia.