Após bater Nadal, Shapovalov vence mais uma e vai à semifinal em Montreal

Grande sensação do Masters 1000 de Montreal, o local Denis Shapovalov voltou a brilhar na quadra dura canadense nesta sexta-feira,…


Grande sensação do Masters 1000 de Montreal, o local Denis Shapovalov voltou a brilhar na quadra dura canadense nesta sexta-feira, diante da festa da torcida. Ele conquistou a vaga na semifinal ao derrotar, de virada, o francês Adrian Mannarino, 42º do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/3 e 6/4, em 2h25min de duelo.

Com o resultado, Shapovalov mantém a história de conto de fadas que vem empolgando a torcida canadense. Aos 18 anos, o tenista nascido em Israel, mas naturalizado canadense, só tinha três vitórias em torneios da ATP antes de estrear em Montreal. Agora já tem quatro triunfos somente nesta competição.

Convidado da organização, o jovem tenista iniciou sua trajetória na chave principal com uma vitória inesperada, de virada, sobre o brasileiro Rogério Dutra Silva. O canadense salvou quatro match points antes de dar uma reviravolta no placar. Na sequência, desbancou dois pesos-pesados do circuito: o argentino Juan Martín Del Potro e o espanhol Rafael Nadal.

O triunfo sobre o dono de dez títulos em Roland Garros se tornou o maior de sua carreira, na noite de quinta. Novamente de virada, Shapovalov surpreendeu a torcida canadense e confirmou sua condição de grande promessa do circuito. Ele tem no currículo a liderança do ranking juvenil e o título de Wimbledon na mesma categoria.

Com a vitória, o atual 143º do ranking já garantiu um salto na lista da ATP. Se parar na semifinal, no sábado, deve figurar na 67ª colocação na próxima segunda-feira. Seu próximo adversário sairá do confronto entre o alemão Alexander Zverev, outra estrela da nova geração, e o sul-africano Kevin Anderson.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter