Sock encara surpresa sérvia na final de Paris por título e vaga no ATP Finals

Sobraram dois postulantes à oitava e última vaga no ATP Finals - torneio em Londres, a partir do próximo dia…


Sobraram dois postulantes à oitava e última vaga no ATP Finals – torneio em Londres, a partir do próximo dia 12, que reúne os oito melhores da temporada. E somente um deles estará em quadra neste domingo na final do Masters 1000 de Paris, na França; o outro terá de ficar na torcida. O norte-americano Jack Sock luta pelo título e pela classificação contra o surpreendente sérvio Filip Krajinovic na decisão da competição realizada em quadras duras e cobertas. Do contrário, o posto ficará com o espanhol Pablo Carreño Busta, eliminado precocemente.

Nas semifinais deste sábado, Jack Sock, depois de um primeiro set apertado e cheio de altos e baixos, se mostrou mais consistente do que o francês Julien Benneteau e, mesmo contra a torcida local, ganhou a partida por 2 sets a 0, com as parciais de 7/5 e 6/2.

Mais experiente e atual número 22 do ranking da ATP, Jack Sock terá o favoritismo na final deste domingo contra Filip Krajinovic, um sérvio de 25 anos que saiu do qualifying. O único duelo anterior entre eles foi em torneio da série Challenger em 2014 com vitória do norte-americano.

Favorecido pelo abandono no dia anterior do espanhol Rafael Nadal, o número 1 do mundo, Filip Krajinovic aproveitou a sua chance, derrotou o gigante norte-americano John Isner por 2 sets a 1 – com parciais de 6/4, 6/7 (2/7) e 7/6 (7/5), em 2 horas e 28 minutos – e irá buscar o primeiro título de sua carreira logo em um Masters 1000. A derrota tira a chance do tenista dos Estados Unidos de chegar ao ATP Finals.

Este é apenas o segundo torneio de nível ATP que o sérvio consegue disputar em toda a temporada de 2017, tendo se qualificado também no ATP 250 de Moscou duas semanas atrás. Antes disso, conquistou cinco torneios da série Challenger.

DUPLAS – A dupla formada pelo brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot conheceram neste sábado os seus rivais na decisão do Masters 1000 de Paris. Depois da vitória sobre a parceria formada pelo brasileiro Bruno Soares e pelo britânico Jamie Murray, os próximos rivais serão o croata Ivan Dodig (ex-parceiro de Melo) e o espanhol Marcelo Granollers, que bateram o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau por 2 sets a 1 – com parciais de 3/6, 7/6 (7/5) e 11 a 9 no match tie-break.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!