Seleção de handebol aposta na defesa para vencer Montenegro e avançar no Mundial

Com duas derrotas, um empate e uma vitória no Mundial de Handebol, a seleção brasileira feminina precisa vencer Montenegro nesta…


Com duas derrotas, um empate e uma vitória no Mundial de Handebol, a seleção brasileira feminina precisa vencer Montenegro nesta sexta-feira para avançar às oitavas de final, em Oldenburg, na Alemanha. E, para tanto, o técnico Jorge Dueñas aposta na defesa brasileira para surpreender as rivais.

Este foi o maior objetivo do último treino da equipe, nesta quinta, antes da partida decisiva. “Trabalhamos em melhorar a defesa em cima dos procedimentos táticos de Montenegro para saber como podemos ajustá-los e saber onde podem nos causar perigo. Eles realizam movimentos táticos muito bem. Por isso, temos que saber defender bem”, diz o treinador.

O ataque, contudo, não ficou de lado na preparação final das brasileiras. “Trabalhamos também o ataque para que ele esteja melhor preparado e que todas as jogadoras possam ter intenção de atacar. Por último, treinamos o sete contra seis como um recurso caso no momento do ataque tenhamos mais dificuldade e possamos ter outra solução”, afirma Dueñas.

Depois de duelos tensos e complicados, pelo Grupo C, o técnico aposta na tranquilidade para fazer a seleção voltar a vencer. “Tivemos pressão desde o início do Mundial. Desde o primeiro jogo contra o Japão, quando não tivemos um bom começo de jogo, fez com que nosso rendimento fosse prejudicado. Amanhã [sexta] logicamente será um jogo de nervos e precisamos ter um controle”, prega o treinador.

“Sei que o Brasil vai entrar com força total, mas temos que ter um controle mental, de ansiedade, mas no geral a equipe está cumprindo a imagem de um time lutador, guerreiro. Porém, precisamos ter também um pouco de controle, o que nos tem faltado em alguns momentos. Precisamos ter tranquilidade, sabendo que será uma partida de mata-mata e temos que jogar como se fossem as oitavas de final.”

A partida desta sexta está marcada para as 14h45 desta sexta (horário de Brasília).

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter