Polo aquático masculino do Brasil estreia com vitória no Mundial de Budapeste

O time masculino de polo aquático do Brasil venceu o Casaquistão por 6 a 2, nesta segunda-feira, em Budapeste, na…


O time masculino de polo aquático do Brasil venceu o Casaquistão por 6 a 2, nesta segunda-feira, em Budapeste, na Hungria, na estreia do Mundial de Esportes Aquáticos. Os brasileiros não foram bem nos dois primeiros períodos, mas se recuperaram nos dois últimos, quando marcaram cinco gols. O triunfo colocou o Brasil na liderança do Grupo A.

O artilheiro da partida foi Gustavo Guimarães, de 23 anos, conhecido como Grummy, autor de quatro gols. O jogador comemorou o resultado e o bom desempenho dos atletas contra os casaques. Grummy também se mostrou otimista em relação à classificação do Brasil ao projetar a partida contra a seleção de Montenegro, considerada favorita da chave.

“Para a gente, esta partida já era uma final. Foi um jogo importante para começar bem o Mundial e tirar o nervosismo da estreia. Defendemos bem, mesmo tendo virado o tempo perdendo de um gol, tivemos tranquilidade para continuar defendendo bem porque sabíamos que o ataque iria funcionar. Agora é descansar e começar a pensar em Montenegro, que é o favorito do grupo, e no Canadá, que será uma chance de classificarmos melhor e, quem sabe, tentar surpreender numa quarta de final”, analisou o atacante.

Outro destaque da seleção nacional no duelo contra o Casaquistão foi a atuação do goleiro Slobodan Soro, de 38 anos, um sérvio naturalizado brasileiro que fez ótimas defesas e ainda comandou os jogadores dentro da água com a sua experiência.

A próxima partida da equipe brasileira, comandada pelo técnico Ângelo Coelho, será disputada nesta quarta-feira, às 16h30 (de Brasília), contra Montenegro. Depois, no sábado, às 17h30, o Brasil medirá forças contra o Canadá.

O torneio de polo aquático do Mundial está dividido em quatro chaves com quatro seleções em cada uma delas. O Grupo A tem Brasil, Canadá, Casaquistão e Montenegro. No Grupo B estão Austrália, Hungria, Itália e França. Já o Grupo C reúne Sérvia, África do Sul, Grécia e Espanha. Para finalizar, o Grupo D conta com as seleções de Japão, Estados Unidos, Croácia e Rússia.

FEMININO – A equipe brasileira, que perdeu na estreia do torneio para a China – por 11 a 4 -, voltará à piscina nesta terça-feira, às 16h30 (de Brasília), para enfrentar a Itália.